AO MINUTO: "Defendemo-nos de ataque da tirania"; EUA enviam mais ajuda?

O dia arrancou com o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, a anunciar que as missões da Organização das Nações Unidas (ONU) e da Cruz Vermelha conseguiram resgatar até esta madrugada quase 500 pessoas da siderúrgica de Azovstal, que continua a ser o último reduto das forças ucranianas na cidade portuária de Mariupol.

A influência dos Estados Unidos na guerra também é notícia. Nos últimos dias a CNN Internacional e o New York Times têm noticiado o fornecimento de inteligência norte-americana pelo Pentágono, que permitiu aos ucranianos afundar o cruzador russo Moskva e matar oficiais inimigos, mas as autoridades dos EUA recusam ter dado essas informações.

DESTAQUES

EM DIRETO

Fim de cobertura

Márcia Guímaro Rodrigues | há 1 hora

Boa noite! Damos por terminado o acompanhamento AO MINUTO dos desenvolvimentos da invasão russa da Ucrânia. Poderá acompanhar uma nova cobertura na manhã de sábado. 

Autarca de Kyiv pede a residentes para ficarem em casa nos próximos dias

Márcia Guímaro Rodrigues | há 1 hora

O autarca de Kyiv, Vitali Klitschko, apelou esta sexta-feira aos habitantes da capital ucraniana a permanecerem em casa no próximo domingo e segunda-feira. Em causa está o facto de vários países ocidentais alertarem para o facto de o presidente russo, Vladimir Putin, querer declarar formalmente guerra à Ucrânia no dia 9 de maio, no ‘Dia da Vitória’ russa, que assinala a capitulação do regime da Alemanha nazi perante as forças soviéticas, no final da Segunda Guerra Mundial.

"Defendemo-nos contra o ataque da tirania que anseia por destruir tudo"

Márcia Guímaro Rodrigues | há 2 horas

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, sublinhou esta sexta-feira “a força extraordinária da posição ucraniana”, que está a “defender-se” contra o “ataque da tirania que anseia por destruir tudo o que a liberdade dá às pessoas e aos Estados”. 

“Esta é a força extraordinária da posição ucraniana. Defendemo-nos contra o ataque da tirania que anseia por destruir tudo o que a liberdade dá às pessoas e aos Estados. E tal luta – pela liberdade e contra a tirania – é bastante compreensível para qualquer sociedade, em qualquer canto do nosso planeta”, afirmou Zelensky, na sua comunicação diária ao país.

Rússia classifica dois aliados de Navalny como "agentes estrangeiros"

Márcia Guímaro Rodrigues | há 2 horas

A Rússia classificou hoje oito novas personalidades anti-Putin como “agentes estrangeiros”, incluindo dois aliados exilados do opositor Alexei Navalny e um ‘rapper’ popular, de acordo com o Ministério da Justiça russo.
  

"Famintos". Medvedev acusa Polónia de querer anexar a Ucrânia

Márcia Guímaro Rodrigues | há 2 horas

O antigo presidente russo e atual secretário-geral do Conselho de Segurança, Dmitry Medvedev, acusou, esta sexta-feira, a Polónia de querer anexar a Ucrânia, sublinhando que “a máscara” do presidente polaco “caiu”. Em causa está o facto de Andrzej Duda ter referido que não haverá fronteiras entre os dois países.

“O presidente polaco, Andrzej Duda, reconheceu oficialmente as reivindicações territoriais contra a Ucrânia. A máscara caiu”, escreveu Medvedev, na plataforma Telegram, acrescentando que a Ucrânia Ocidental será uma aquisição “bem–vinda” para os “famintos pelo regresso das terras da Polónia”.

Rússia acusa Polónia de ameaçar integridade territorial ucraniana

A Rússia acusou hoje a Polónia de ser uma fonte de ameaça à integridade territorial da Ucrânia, retomando alertas dos serviços de informações russos sobre alegados planos secretos de Varsóvia para anexar regiões ocidentais ucranianas.

Lusa | 14:58 – 06/05/2022

Sérvia quer prosseguir com adesão à UE mas recusa sanções contra a Rússia

Márcia Guímaro Rodrigues | há 3 horas

A Sérvia continua assumidamente comprometida com a adesão à União Europeia (UE), mas não mudará a sua política em relação à Rússia, declarou hoje o presidente sérvio, Aleksandar Vucic, em entrevista a uma televisão local, citado pela agência AFP. Durante a entrevista, o presidente sérvio reiterou que Belgrado não adotará sanções contra Moscovo por causa da invasão da Ucrânia.

EUA. Biden deverá autorizar novo pacote de ajuda à Ucrânia

Márcia Guímaro Rodrigues | há 3 horas

O presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden, deverá autorizar um novo pacote de armamento à Ucrânia no valor de, pelo menos, 100 milhões de dólares [cerca de 95 milhões de euros], ainda esta sexta-feira ou durante o fim de semana.

A informação foi avançada por quatro fontes norte-americanas à agência de notícias Reuters, que indicaram que o novo pacote deverá incluir munições para tanques. 

 

50 civis retirados do complexo siderúrgico de Azovstal

Márcia Guímaro Rodrigues | há 4 horas

Um total de 50 civis foram hoje retirados por uma coluna humanitária do complexo siderúrgico de Azovstal, o último foco da resistência ucraniana em Mariupol, a cidade portuária cercada pelas forças russas, anunciou a vice-primeira-ministra ucraniana, Iryna Verechtchuk.

“Hoje conseguimos que saíssem 50 mulheres, crianças e idosos de Azovstal. Amanhã de manhã prosseguiremos a operação de evacuação”, anunciou Verechtchuk na rede social Telegram, antes de acusar as forças russas de “violarem constantemente” o cessar-fogo decretado por Moscovo para permitir a operação de retirada.

Ucrânia alerta para mais bombardeamentos domingo e segunda-feira

Márcia Guímaro Rodrigues | há 6 horas

Membros do conselho de segurança nacional da Ucrânia alertaram hoje os residentes para um aumento do risco de bombardeamentos no domingo e na segunda-feira, coincidindo com as celebrações do Dia da Vitória da Rússia. Uma publicação no Facebook na página do Centro de Combate à Desinformação, que integra o Conselho de Segurança Nacional e Defesa da Ucrânia, instou os ucranianos a não ignorarem as sirenes de ataques aéreos.

PSD apresenta moção de censura ao autarca da Câmara de Setúbal

Márcia Guímaro Rodrigues | há 6 horas

O PSD vai apresentar uma moção de censura a exigir a demissão do presidente da Câmara de Setúbal, André Martins (CDU), na Assembleia Municipal Extraordinária da próxima terça-feira, disse hoje à Lusa o deputado social-democrata Nuno Carvalho.

Rio diz que autarca de Setúbal “não tem condições” para continuar

 O líder do PSD afirmou hoje que o presidente da Câmara de Setúbal “não tem condições para continuar” no cargo e esclareceu que o partido pode só dar “uma opinião, uma posição politica” sobre a demissão dos seus vereadores.

Lusa | 19:05 – 06/05/2022

Rio diz que autarca de Setúbal "não tem condições" para continuar

Márcia Guímaro Rodrigues | há 6 horas

O líder do PSD afirmou hoje que o presidente da Câmara de Setúbal “não tem condições para continuar” no cargo e esclareceu que o partido pode só dar “uma opinião, uma posição politica” sobre a demissão dos seus vereadores.

Terceiro autocarro com civis saiu de Azovstal

Márcia Guímaro Rodrigues | há 6 horas

A agência de notícias estatal russa TASS avançou que um terceiro autocarro com 23 civis abandonou, esta sexta-feira, a siderúrgica de Azovstal, em Mariupol. 

Ainda esta sexta-feira, a também agência de notícias estatal russa RIA Novosti revelou que um primeiro autocarro saiu do complexo siderúrgico com 12 civis, incluindo quatro menores. Já o segundo levava 13 civis, entre os quais uma criança.

 

Zelensky diz que Mariupol está "completamente destruída"

Márcia Guímaro Rodrigues | há 6 horas

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, afirmou hoje que a cidade de Mariupol está “completamente destruída” e que à Rússia apenas resta apoderar-se do seu complexo siderúrgico, Azovstal.

PS justifica chumbo de audição de autarca de Setúbal

Márcia Guímaro Rodrigues | há 6 horas

O PS justificou hoje o chumbo da audição parlamentar do presidente da Câmara de Setúbal sobre o acolhimento de refugiados ucranianos com a “separação de competências” entre Assembleia da República e autarquias, mas não convenceu os partidos da oposição.

Ucrânia. PS chumba audição do presidente da CM Setúbal e aprova a do MAI

O PS ‘chumbou’ hoje a audição no parlamento do presidente da Câmara de Setúbal e aprovou a do ministro da Administração Interna e da ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares sobre o acolhimento de refugiados ucranianos naquele município.

Lusa | 16:27 – 06/05/2022

Efeitos da invasão russa colocam África perante crise "sem precedentes"

Márcia Guímaro Rodrigues | há 6 horas

África enfrenta uma crise “sem precedentes” causada pela invasão russa da Ucrânia, particularmente com o aumento dos preços dos alimentos e dos combustíveis, alertaram hoje dois dirigentes do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). A invasão da Ucrânia lançada em 24 de fevereiro e as sanções impostas contra a Rússia atingiram duramente os países africanos, que já lutam com os efeitos da pandemia de Covid-19 e a emergência climática.

Conselho de Segurança dá "apoio firme" a Guterres para "solução pacífica"

Márcia Guímaro Rodrigues | há 6 horas

O Conselho de Segurança das Nações Unidas declarou hoje, de forma unânime, um “apoio firme” ao secretário-geral, António Guterres, “na busca de uma solução pacífica” para a guerra da Rússia na Ucrânia. Escrita pela Noruega e pelo México e obtida pela agência France-Presse (AFP), a declaração não chega ao ponto de apoiar uma mediação de António Guterres como previa uma primeira versão do texto negociado desde quinta-feira.

Marcelo pede que se apure a verdade sobre acolhimento de refugiados

Márcia Guímaro Rodrigues | há 6 horas

O Presidente da República apelou hoje a que se apure a verdade no que se refere ao acolhimento de refugiados ucranianos por cidadãos russos em Portugal, afirmando que os portugueses “gostarão de saber aquilo que se passou”. “Faz parte da vida democrática haver o apuramento da verdade e o acesso dos cidadãos à verdade e, portanto, na medida em que se puder apurar a verdade, que se apure: como foi no passado, como é no presente, o que é que isso significa”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa em declarações aos jornalistas à saída do VII Congresso Nacional da Associação Cristã de Empresários e Gestores (ACEGE), que decorre hoje e sábado na Universidade Católica, em Lisboa.

Setúbal é caso único? “É esse o apuramento que acho que é preciso fazer”

Marcelo Rebelo de Sousa, reagiu, esta sexta-feira, à notícia de hoje do semanário Expresso segundo a qual o líder da comunidade russa em Setúbal, Igor Khashin, que participou no acolhimento de refugiados ucranianos com a mulher, já é monitorizado pelo Serviço de Informações e Segurança (SIS) há alguns anos.

Notícias ao Minuto com Lusa | 16:36 – 06/05/2022

Mais de 20 civis saíram de Azovstal, diz Rússia

Márcia Guímaro Rodrigues | há 8 horas

Dois autocarros com civis abandonaram, esta sexta-feira, a siderúrgica de Azovstal, na cidade portuária de Mariupol, segundo indicou a agência de notícias estatal russa RIA Novosti.

Segundo a publicação, o primeiro autocarro saiu do complexo siderúrgico com 12 civis, incluindo quatro menores. Já o segundo levava 13 civis, entre os quais uma criança.

Pró-russos de Donetsk denunciam morte de quase 100 civis numa semana

Márcia Guímaro Rodrigues | há 8 horas

Cerca de 100 civis morreram durante a última semana na república popular de Donetsk, no leste da Ucrânia, em consequência de ataques do exército ucraniano, denunciou hoje a provedora de justiça, Daria Morozova. “Entre 29 de abril e 05 de maio, morreram 99 militares e 99 civis, incluindo três menores de idade”, declarou a funcionária pró-russa, citada pela agência TASS. Segundo Morozova, na última semana ficaram feridos 358 combatentes locais e 82 civis.

Apesar da recusa, Zelensky volta a convidar Scholz para ir a Kyiv

Márcia Guímaro Rodrigues | há 8 horas

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, voltou, esta sexta-feira, a convidar o chanceler alemão, Olaf Scholz, para uma visita a Kyiv. O convite surge um dia após Scholz reiterar a recusa em ir à capital ucraniana. 

Na ótica de Zelensky, seria “um passo político muito poderoso” se a visita ocorresse a 9 de maio, no ‘Dia da Vitória’ russa, que assinala a capitulação do regime da Alemanha nazi perante as forças soviéticas, no final da Segunda Guerra Mundial.

Rússia anuncia intenção de permanecer nos territórios já conquistados

Márcia Guímaro Rodrigues | há 8 horas

A Rússia vai permanecer “para sempre” no sul da Ucrânia, garantiu hoje Andrei Turchak, um alto responsável parlamentar russo durante uma visita a Kherson, uma importante cidade ucraniana que Moscovo afirma estar sob o seu controlo desde março.

“Ao dirigir-me à população da região de Kherson, gostaria ainda de dizer que a Rússia ficará aí para sempre. Não devemos ter qualquer dúvida”, declarou Turchak, primeiro adjunto do presidente do Conselho da Federação (câmara alta do Parlamento), citado pela agência noticiosa russa RIA Novosti.

Embaixador russo na ONU acusa Kyiv de usar civis como escudos humanos

Márcia Guímaro Rodrigues | há 8 horas

O embaixador da Rússia junto das Nações Unidas, Vassily Nebenzia, acusou hoje as tropas ucranianas de usarem civis como escudos humanos e afirmou que a imprensa ocidental é tendenciosa na sua cobertura da guerra na Ucrânia.

Mais de quatro mil alunos refugiados ucranianos nas escolas portuguesas

Márcia Guímaro Rodrigues | há 8 horas

As escolas portuguesas já receberam mais de quatro mil crianças e jovens ucranianos desde o início da guerra na Ucrânia em 24 de fevereiro, segundo o balanço atualizado hoje pelo ministro da Educação.

Grandes potências agrícolas prometem segurança alimentar

Márcia Guímaro Rodrigues | há 8 horas

As grandes potências agrícolas, incluindo União Europeia, Estados Unidos, Canadá e Austrália, comprometeram-se hoje a garantir a segurança alimentar mundial, apesar dos choques provocados pela guerra na Ucrânia. “Comprometemo-nos a trabalhar juntos para garantir que haja comida suficiente para todos, incluindo os mais pobres, os mais vulneráveis e os deslocados”, referiram 51 membros da Organização Mundial do Comércio (OMC) num comunicado conjunto.

Setúbal é caso único? "É esse o apuramento que acho que é preciso fazer"

Márcia Guímaro Rodrigues | há 8 horas

Marcelo Rebelo de Sousa, reagiu, esta sexta-feira, à notícia de hoje do semanário Expresso segundo a qual o líder da comunidade russa em Setúbal, Igor Khashin, que participou no acolhimento de refugiados ucranianos com a mulher, já é monitorizado pelo Serviço de Informações e Segurança (SIS) há alguns anos.
  

Câmara de Lisboa aprova medidas para integração dos refugiados ucranianos

Márcia Guímaro Rodrigues | há 8 horas

A Câmara de Lisboa aprovou hoje as medidas do programa municipal de emergência para integração dos refugiados da Ucrânia, inclusive um protocolo com a Associação dos Ucranianos em Portugal (AUP) que prevê a atribuição de 320 mil euros.

Unicef vai visitar crianças ucranianas que estiveram institucionalizadas

Márcia Guímaro Rodrigues | há 9 horas

A Unicef anunciou hoje que vai visitar cada uma das 91.000 crianças que, até ao início da guerra, viviam em orfanatos ou outras instituições da Ucrânia, quase metade das quais tem algum tipo de deficiência. Cerca de 35.000 dessas crianças foram devolvidas às suas famílias às pressas quando a guerra começou, disse hoje o conselheiro regional da Unicef para a proteção infantil, Aaron Greenberg.

PS chumba audição do presidente da CM Setúbal e aprova a do MAI

Márcia Guímaro Rodrigues | há 9 horas

O PS ‘chumbou’ hoje a audição no parlamento do presidente da Câmara de Setúbal e aprovou a do ministro da Administração Interna e da ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares sobre o acolhimento de refugiados ucranianos naquele município. Os requerimentos para chamar o presidente da Câmara de Setúbal, André Martins, eleito pela CDU (PCP/PEV), foram apresentados pelo PSD, Chega, IL e PAN e chumbados com os votos contra dos deputados do PS e os votos favoravéis dos restantes partidos, incluindo o PCP.

SIS monitoriza há anos cidadão russo que recebeu refugiados em Setúbal

O líder da comunidade russa em Setúbal, Igor Khashin, que participou no acolhimento de refugiados ucranianos com a mulher, já é monitorizado pelo Serviço de Informações e Segurança (SIS) há alguns anos, noticia hoje o Expresso.

Lusa | 09:32 – 06/05/2022

Rússia autoriza importação paralela para contornar sanções

Márcia Guímaro Rodrigues | há 9 horas

A Rússia autorizou hoje a importação de 100 categorias de bens, sem o acordo dos detentores da propriedade intelectual, incluindo telemóveis da Apple ou automóveis, para contornar as sanções impostas face à invasão da Ucrânia. “A responsabilidade legal é dispensada nestes casos […] para os importadores que contornam os canais oficiais de distribuição”, notou o executivo, ressalvando não se tratar de uma autorização “para importar ou vender falsificações”.

"Fui eleito presidente da Ucrânia, e não de uma mini-Ucrânia"

Márcia Guímaro Rodrigues | há 9 horas

O presidente da Ucrânia afirmou, esta sexta-feira, que nem todos os caminhos diplomáticos para a resolução do conflito com a Rússia estavam destruídos. Volodymyr Zelensky acrescentou, no entanto, que para esses caminhos serem percorridos eram necessário que as tropas russas deixassem o país. “Eu fui eleito presidente da Ucrânia, e não de uma mini-Ucrânia”, disse, durante uma conferência com a organização sem fins lucrativos Chatham House.

Mais de 40 pessoas regressam à Ucrânia após troca de prisioneiros 

Márcia Guímaro Rodrigues | há 9 horas

A vice-primeira-ministra da Ucrânia, Iryna Vereshchuk, revelou esta sexta-feira que 41 pessoas regressaram ao país na sequência de uma troca de prisioneiros com a Rússia.

Entre os prisioneiros libertados, estão 28 militares e 13 civis, entre os quais 11 mulheres e o reitor da Igreja Ortodoxa da Ucrânia.

Metade do território da Ucrânia está minado, diz primeiro-ministro

Márcia Guímaro Rodrigues | há 9 horas

Metade do território da Ucrânia, com uma área de 603.700 quilómetros quadrados dentro das suas fronteiras reconhecidas, está contaminado por minas e projéteis por explodir, disse hoje o primeiro-ministro, Denis Shmigal. “Surge a enorme necessidade de desminar o território. Mais de 300.000 quilómetros quadrados do território da Ucrânia estão contaminados com minas ou projéteis sem explodir”, publicou Shmigal no serviço de mensagens instantâneas Telegram, segundo a agência noticiosa Unian.

Pró-Kremlin? "Não se compreende como é que o SIS não atuou"

Hélio Carvalho | há 10 horas

Considerando que a polémica que paira sobre a Câmara Municipal de Setúbal quanto ao acolhimento de refugiados ucranianos por uma instituição alegadamente pró-Rússia se tratou de um caso de “negligência” flagrante, Paulo Rangel acusou o Governo português de cumplicidade, uma vez que deveria de ter informado autarquias e serviços migratórios sobre a propaganda russa da Fundação Russkiy Mir, criada pelo presidente russo, Vladimir Putin, e que tem ligações com diversas associações que, neste momento, estão a acolher refugiados.

Tanto o social-democrata, como Ana Gomes, antiga candidata presidencial, recordaram a resolução de 2016 do Parlamento Europeu (PE), que alertava precisamente para a natureza propagandista da entidade, avança a CNN Portugal.

Embaixada dinamarquesa em Lisboa cria recolha de fundos para ucranianos

Hélio Carvalho | há 10 horas

A Embaixada da Dinamarca, com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, da Cruz Vermelha Portuguesa e da Embaixada da Finlândia, organizou uma ação de consciencialização e de recolha de fundos para apoiar as pessoas afetadas pelos conflitos na Ucrânia que chegam a Portugal, informa um comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso.

Embaixada da Dinamarca organiza recolha de fundos para ajudar ucranianos

Em causa está um evento que vai decorrer no próximo dia 8 de maio, por ocasião da corrida Vodafone 10 Km.

Notícias ao Minuto | 15:14 – 06/05/2022

HRW pede libertação de migrantes presos perto dos combates na Ucrânia

Hélio Carvalho | há 10 horas

A organização Human Rights Watch (HRW) pediu hoje à Ucrânia que liberte as dezenas de migrantes e requerentes de asilo presos em centros de detenção e lhes permita alcançar a segurança nos países vizinhos.

“Os migrantes e requerentes de asilo estão presos há quase dois meses perto de uma zona de guerra”, disse a investigadora de direitos de refugiados e migrantes da Human Rights Watch, Nadia Hardman, acrescentando que “os detidos estão aterrorizados e em perigo e não há razão para mantê-los em detenção”.

Batalhão Azov acusa russos de dispararem contra viatura civil

Hélio Carvalho | há 10 horas

O regimento Azov, que defende o complexo siderúrgico de Azovstal, onde estão entrincheirados os últimos combatentes ucranianos de Mariupol, acusou hoje as forças russas de dispararem sobre uma viatura que participava na operação de retirada de civis, matando um soldado.

Ucrânia. Defesa da liberdade tem um custo e políticos devem explicá-lo

Hélio Carvalho | há 10 horas

O chefe da diplomacia europeia advertiu hoje que a defesa da liberdade, atualmente em jogo na Ucrânia face à invasão russa, “tem um custo” e os responsáveis políticos “deveriam ser capazes de explicar às pessoas que há que assumi-lo”.

Autarca de Kyiv adverte contra ajuntamentos no fim de semana

Hélio Carvalho | há 11 horas

O autarca de Kyiv, Vitali Klitschko, publicou um aviso no Telegram esta sexta-feira, avisando os cidadãos da cidade para evitar ajuntamentos e eventos públicos este fim de semana, recordando que estes eventos estão proibidos segundo a lei marcial – apesar de não estar previsto um recolher obrigatório para a capital ucraniana.

“Esta não é a altura para festividades em massa ou atividades recreativas em grandes grupos. Tenham cuidado e sigam as regras de segurança em tempo de guerra”, afirmou Klitschko, que também avisou para serem evitados os parques municipais, sob risco de estes ainda conterem minas.

Quase 4 milhões de pessoas saíram da Rússia no primeiro trimestre de 2022

Hélio Carvalho | há 11 horas

Segundo os dados oficiais do serviço de inteligência russo FSB, citado por correspondentes estrangeiros na Rússia, cerca de 3,8 milhões de pessoas abandonaram o país nos primeiros três meses do ano. Segundo um jornalista da BBC, estes novos emigrantes russos fugiram principalmente para países como a Geórgia, a Turquia, o Cazaquistão e a Finlândia. Outro jornalista britânico aponta, citando os dados do FSB, que a maioria destas pessoas são pró-Ocidente e pró-oposição ao Kremlin.

Lugansk. Moradores obrigados a aceitar passaporte do Governo separatista

Hélio Carvalho | há 11 horas

Os ucranianos residentes na região de Lugansk estão a ser obrigados a aceitar um passaporte emitido pelo governo separatista pró-russo e, se não o aceitarem, poderão sofrer retaliações, afirmou hoje o Ministério da Defesa ucraniano. Lugansk e Donesk, áreas no leste na fronteira com a Rússia, formam a região ucraniana de Donbass e autoproclamaram-se unilateralmente como Repúblicas independentes em fevereiro e foram reconhecidas Moscovo dias antes da invasão da Ucrânia.

ONU fala em quase 25 toneladas de cereal retidas na Ucrânia

Hélio Carvalho | há 13 horas

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (ou FAO, na sigla em inglês) alertou esta sexta-feira que há quase 25 milhões de toneladas de cereal retidos na Ucrânia e que não chegam ao resto do mundo devido ao bloqueio da Rússia no mar Negro. A FAO avisa que este bloqueio está a agravar a subida dos preços dos alimentos e, citado pela Sky News, o diretor da agência considerou a situação como “grotesca”.

“É quase grotesca a situação que vemos neste momento na Ucrânia, com quase 25 milhões de toneladas de cereal que podia ser exportando e não pode sair do país, simplesmente por falta de infraestruturas”, explicou Josef Schmidhuber.

Apesar de tudo, o diretor da FAO aponta que o cenário não é irremediável, mas mostrou-se preocupado com a capacidade de armazenamento da Ucrânia, um dos maiores produtores de cereais do mundo.

Papa diz que guerra "sem sentido" ameaça o mundo inteiro

Hélio Carvalho | há 13 horas

O Papa Francisco declarou hoje que a guerra na Ucrânia é tão “cruel e sem sentido” como qualquer outra, mas o conflito que se arrasta há mais de dois meses “tem uma dimensão maior e ameaça o mundo inteiro”.

Mesmo antes do fim da pandemia [de covid-19], o mundo inteiro deparou-se com um novo e trágico desafio: a guerra na Ucrânia. Após o fim da II Guerra Mundial, nunca houve escassez de guerras regionais, ao ponto de, por vezes, falar-se de uma III Guerra Mundial”, disse o Papa aos participantes na sessão plenária do Conselho Pontifício para a Promoção da Unidade dos Cristãos.

Kremlin avisa Varsóvia e diz que Polónia pode ser "fonte de ameaça"

Hélio Carvalho | há 10 horas

O governo russo reagiu às declarações da Polónia com um comentário envolto em tons de ameaça. Numa altura em que a Polónia acentua o seu apoio a mais sanções e embargos à Rússia, e depois da ministra do Ambiente, Anna Moskwa, ter dito que o país “está orgulhoso por estar na lista de Putin de países não-amigáveis”, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse, citado pela Reuters, que Varsóvia pode ser “uma fonte de ameaça”, tornando o ambiente diplomático entre os dois países cada vez mais hostil.

Putin ignora especulação e diz-se "orgulhoso" da história soviética

Hélio Carvalho | há 13 horas

No meio de vários boatos e previsões sobre o que terá planeado a Rússia para o dia 9 de maio, dia em que o país comemora a derrota da Alemanha nazi, o presidente russo lançou um comunicado através do Twitter do Kremlin. No curto texto, Vladimir Putin ignorou a especulação mas voltou a mencionar a “grande vitória sobre o nazismo” que, diz, ocupa “um lugar especial” na história russa, da qual se diz “legitimamente orgulhoso”.

“A vitória foi tornada possível graças à coragem, força e união do povo soviético. A sua força de espírito e sacrifício impressionaram o mundo”, declarou o líder russo.

Bebé de 6 meses de vida passou 2 meses nos túneis de Azovstal

Hélio Carvalho | há 13 horas

Svyatoslav entrou nos túneis da fábrica siderúrgica de Azovstal aos quatro meses de idade, com bombas a ecoar no pano de fundo da cidade arrasada de Mariupol. Durante dois meses, um terço da sua pequena vida, o bebé Svyat, como é carinhosamente chamado, não viu o céu ou a luz do dia.

Agora, depois de uma bem-sucedida missão da Organização das Nações Unidas e da Cruz Vermelha para resgatar civis, o bebé, a mãe, Anna Zaitseva, e os avós voltaram a estar com o resto da família.

Putin poderá cometer "grave erro" se mobilizar tropas, diz especialista

Hélio Carvalho | há 14 horas

Um investigador independente e antigo membro do Wilson Center, um ‘think tank’ político apartidário nos Estados Unidos, defendeu, esta sexta-feira, que poderão surgir movimentos revolucionários contra o Kremlin nos próximos dias.

Zelensky vai falar por videoconferência com o G7

Hélio Carvalho | há 2 horas

O presidente ucraniano vai reunir por videoconferência com os líderes do G7, numa reunião que se vai realizar no domingo, em Berlim. Segundo a agência France-Presse, citando uma porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros da Alemanha (país que preside este ano ao Grupo dos Sete), Volodymyr Zelensky “vai participar e irá informar sobre a situação atual no seu país”.

De recordar que o G7, o grupo informal dos sete países mais industrializados do mundo, é composto pelos Estados Unidos da América, Alemanha, Reino Unido, França, Japão, Canadá e Itália, além de ter representação da União Europeia. Para a reunião de domingo, foram também convidados os líderes da Índia, Indonésia, África do Sul e Senegal.

Navio russo em chamas no Mar Negro

Hélio Carvalho | há 3 horas

Depois do afundamento humilhante do navio cruzador Moskva, a Rússia poderá ter de lidar com um novo afundamento no Mar Negro. Segundo avança a Sky News, citando outros órgãos de comunicação sobre atividades militares, um navio da Marinha russa estará em chamas no Mar Negro. As operações de resgate aos tripulantes já terão começado, com o apoio de “várias aeronaves” e “embarcações de resgate”.

O fogo estará a decorrer perto da ilha de Zmiiny, também conhecida como Ilha das Serpentes, ao largo da costa sudoeste da Ucrânia, já próxima da fronteira com a Roménia.

O Live Universal Awareness Map aponta que o fogo ainda não foi confirmado por autoridades oficiais, sejam elas russas, ucranianas ou de outra agência de inteligência.

PSD quer ouvir responsáveis do SIRP e da Segurança Interna

Hélio Carvalho | há 14 horas

O PSD quer ouvir no parlamento a secretária-geral do Sistema de Informações da República Portuguesa (SIRP) e o secretário-geral do Sistema de Segurança Interna sobre a situação de acolhimento dos refugiados ucranianos em Portugal.

Quinze menores não acompanhados aguardam famílias de acolhimento cá

Hélio Carvalho | há 14 horas

Quinze menores ucranianos não acompanhados pela família chegaram a Portugal desde o início da guerra na Ucrânia, estando em curso um processo para encontrar famílias de acolhimento para estas crianças, revelou hoje o ministro da Administração Interna.

“Quinze menores estão identificados como menores que foram colocados nos circuitos de transportes sem virem acompanhados por familiares. Estão a ser acompanhadas pela CPCJ [Comissões de Proteção de Crianças e Jovens], Ministério da Justiça e em articulação com a segurança social e também com a Misericórdia de Lisboa tendo em vista encontrar famílias de acolhimento que garantam a proteção dos direitos fundamentais”, disse José Luis Carneiro.

Rússia desvaloriza avisos e garante que não usará armas nucleares

Hélio Carvalho | há 15 horas

O ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia garantiu que não usará armas nucleares na Ucrânia, apesar dos avisos da inteligência norte-americana sobre essa ser uma ameaça a ter em conta. O porta-voz do ministério russo, Alexei Zaitsev, disse aos jornalistas, citado pela Reuters, que essa não é a intenção do Kremlin, na sua “operação militar especial”.

No mês passado, o diretor da CIA, William Burns, avisou que os percalços e parcos avanços sentidos pelas tropas russas na Ucrânia obriga a que não seja possível “encarar com leviandade a ameaça de um potencial recurso a armas nucleares táticas ou armas nucleares de baixo rendimento”.

"Não me importa o que Zelensky fez antes da história o ter escolhido"

Hélio Carvalho | há 15 horas

Para Carlos Abreu Amorim, antigo parlamentar pelo PSD, pouco importa aquilo que Volodymyr Zelensky, presidente ucraniano, fez antes de ser ‘catapultado’ para o conflito com a Rússia. A seu ver, o chefe de estado da Ucrânia “tornou-se o símbolo da vontade de milhões de ucranianos”, e um “exemplo para muitos mais em toda a parte”.

Rússia intensifica ataques contra a fábrica Azovstal

Hélio Carvalho | há 15 horas

As tropas russas intensificaram os ataques contra a fábrica Azovstal, na cidade sitiada de Mariupol, enquanto avançam no objetivo de controlar as regiões de Donetsk e Lugansk, no leste da Ucrânia, segundo o Alto Comando do Exército Ucraniano.

Hungria diz que sanções são uma "bomba atómica" para a economia do país

Hélio Carvalho | há 15 horas

O primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán disse hoje que não pode apoiar a última proposta de sanções da Comissão Europeia porque renunciar ao petróleo russo num prazo tão curto pode “ser uma bomba atómica” para a economia do país.

“A proposta que está sobre a mesa gera um problema e não propõe uma solução para esse mesmo problema. Isto é inaceitável do ponto de vista húngaro”, disse Orbán na transmissão radiofónica semanal aos microfones da estação pública Kossuth de Budapeste.

Entretanto, fontes da Comissão Europeia contaram à Reuters que as sanções poderão ter uma adenda, que permitirá que o embargo ao petróleo russo apenas se aplique à Hungria e à Eslováquia no final de 2024, e à República Checa até junho de 2024, dando mais tempo para que estes países se afastem da dependência energética da Rússia.

Amnistia Internacional diz que tropas russas cometeram crimes de guerra

Hélio Carvalho | há 6 horas

A Amnistia Internacional divulgou hoje um relatório, com os resultados de uma investigação no terreno, em que defende que as forças russas têm de enfrentar a justiça por crimes de guerra cometidos nas regiões noroeste da Ucrânia. O documento “‘He´s not coming back’: War Crimes in Northwet Areas of Kyiv Oblast” (“‘Ele não vai regressar’: Crimes de Guerra no Noroeste da Província de Kiev” reporta os resultados da investigação que segundo a organização de defesa de direitos humanos com sede em Londres indica que foram cometidos crimes de guerra em solo ucraniano pelas forças russas.

Canoístas satisfeitos em Ponte de Lima, mas sonham regressar à Ucrânia

Hélio Carvalho | há 16 horas

O grupo de refugiados ucranianos que tem feito da canoagem terapia contra a guerra está satisfeito em Ponte de Lima, mas pretende voltar rapidamente ao seu país, embora as estruturas locais trabalhem para os integrar plenamente na sociedade.

SIS monitoriza há anos cidadão russo que recebeu refugiados em Setúbal

Hélio Carvalho | há 16 horas

O líder da comunidade russa em Setúbal, Igor Khashin, que participou no acolhimento de refugiados ucranianos com a mulher, já é monitorizado pelo Serviço de Informações e Segurança (SIS) há alguns anos, noticia hoje o Expresso.

"Morreu nos meus braços". Jovem de 18 anos viu mãe morrer em Donetsk

Hélio Carvalho | há 16 horas

Vyacheslav é um dos jovens ucranianos que perdeu familiares devido à guerra no país. O jovem de 18 anos conta, num vídeo partilhado no Telegram de Anton Gerashchenko, principal conselheiro do ministério do Interior da Ucrânia, como as últimas palavras da sua mãe foram “eu estou bem”. O jovem e a sua mãe, Marina, estavam a ir para casa quando uma bomba caiu num jardim perto da sua casa. “A primeira bomba caiu a dez passos de nós“, conta o jovem. “Vi-a cair”, pormenorizou.

Rússia anuncia destruição de depósito de armas

Hélio Carvalho | há 16 horas

O ministério da Defesa da Rússia anunciou esta sexta-feira, citado pela agência Reuters, que um ataque com mísseis atingiu um grande depósito de armas ucraniano, na cidade de Kramatorsk, a norte de Donetsk. As tropas russas também alegam ter abatido dois aviões ucranianos em Lugansk, mas a Reuters avisa que não foi possível verificar a autenticidade destas declarações.

Mariupol prepara-se para celebrações do Dia da Vitória

Hélio Carvalho | há 17 horas

Enquanto se mantém muitas incertezas e boatos sobre paradas militares para o dia 9 de maio – dia em que a Rússia celebra a derrota da Alemanha nazi, em 1945 -, novas imagens capturadas pela Associated Press demonstram alguns preparativos em Mariupol. Os russos já tomaram uma grande parte da importante cidade portuária, mas uma vasta maioria da população abandonou a cidade ou morreu durante o longo cerco de que foi alvo (ainda não se sabe quantas pessoas morreram em Mariupol, mas as autoridades ucranianas apontam para as dezenas de milhares).

Rússia atacou Azovstal pelo 2.º dia consecutivo, confirmou Reino Unido

Hélio Carvalho | há 17 horas

Fontes do ministério da Defesa do Reino Unido anunciaram, esta sexta-feira, que as tropas russas continuaram a atingir o complexo siderúrgico em Azovstal, pelo segundo dia consecutivo.

Apesar dos relatos, a Rússia negou que estava a atacar as instalações, alegando que está a cumprir o cessar-fogo que prometeu cumprir entre quinta-feira e sábado.

Ucrânia acusa Kremlin de "gozar" com a Convenção de Genebra

Hélio Carvalho | há 17 horas

O diplomata e conselheiro presidencial ucraniano, Mykhailo Podolyak, voltou a utilizar o Twitter para criticar as atitudes da Rússia na guerra, desta vez acusando os alegados planos de uma parada militar a 9 de maio de violar as Convenções de Genebra. Podolyak afirmou que a Rússia faz “uma troça demonstrativa da Convenção de Genebra”, ao “decidir repetir a ‘jogada’ no 9 de maio em Mariupol com civis em uniformes militares” – comparando os planos, denunciados por agências internacionais, a uma parada em 2014 com prisioneiros de guerra em Donetsk.

O oficial ucraniano avisou ainda que a Ucrânia “identifica todos os que humilham e torturam” os seus prisioneiros e, um dia, “os nomes serão riscados” da lista.

"Putin está disposto a ir até ao fim, não obstante todas as sanções"

Hélio Carvalho | há 8 horas

A voz de José Milhazes tornou-se numa das mais conhecidas para os telespetadores portugueses, que colaram os olhos ao ecrã ao tentar acompanhar a invasão russa na Ucrânia. O seu livro ‘A Mais Breve História da Rússia’ foi publicado meros dias antes do início da guerra, servindo quase de prefácio para a história que se escreveu desde então.

Em entrevista ao Notícias ao Minuto, José Milhazes fala sobre as recentes notícias sobre a guerra na Ucrânia, especialmente sobre o próximo dia 9 de maio e as próximas (e possíveis) demonstrações de força da Rússia.

“Putin está disposto a ir até ao fim, não obstante todas as sanções”

Jornalista, comentador e especialista em História da Rússia, José Milhazes é uma das opiniões mais ouvidas sobre a guerra na Ucrânia e passa esta sexta-feira pelo Vozes ao Minuto.

Hélio Carvalho | 07:52 – 06/05/2022

Nova operação de resgate em Azovstal já arrancou

Hélio Carvalho | há 18 horas

A Reuters avança esta manhã que uma nova tentativa de resgatar civis ucranianos presos em Azovstal já começou, enquanto a batalha entre a resistência na siderúrgica e as forças russas continua. O chefe do staff do presidente ucraniano, Andriy Yermak, afirmou que “a próxima fase de resgate a civis de Azovstal está a decorrer neste momento”, mas não adiantou mais detalhes.

Fiji arrestaram super-iate de oligarca russo a pedido dos EUA

Hélio Carvalho | há 18 horas

As autoridades das Fiji arrestaram, a pedido dos EUA, um super-iate que pertence alegadamente a um oligarca russo alvo de sanções devido à guerra na Ucrânia, anunciou quinta-feira o Departamento de Justiça norte-americano, citado pela AFP.

Zelensky denuncia catastrófica falta de medicamentos nas áreas ocupadas

Hélio Carvalho | há 18 horas

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskyy, descreveu esta noite, na sua habitual intervenção transmitida por vídeo, uma “catastrófica” falta de acesso a cuidados médicos e medicamentos nas áreas sob ocupação russa.

EUA dizem que não vão informar Kyiv da localização de comandantes russos

Hélio Carvalho | há 9 horas

O Pentágono disse hoje que só faculta informações de inteligência à Ucrânia para “defender o país” e não sobre a localização de comandantes russos no terreno. Foi desta forma que o porta-voz do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, John Kirby, reagiu numa conferência de imprensa sobre um artigo do New York Times, no qual se afirma que os serviços de inteligência norte-americanos transmitiram à Ucrânia dados que permitiram localizar e eliminar uma dúzia de generais russos.

Quase 500 pessoas foram resgatadas em Azovstal

Hélio Carvalho | há 14 horas

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, anunciou esta manhã que as primeiras duas operações de resgate de civis, retidos na siderúrgica de Azovstal, foram bem-sucedida. A última missão terminou esta madrugada, coordenada entre a ONU e a Cruz Vermelha, e Guterres afirmou no Twitter que espera que “a continuada coordenação com Moscovo e Kyiv leve a mais pausas humanitárias para permitir a passagem segura de civis”. No total, foram resgatados 500 civis.

Recorde as principais notícias de ontem

Hélio Carvalho | há 18 horas

Bom dia!

Hélio Carvalho | há 14 horas

Iniciamos esta manhã um novo registo de acompanhamento da guerra na Ucrânia. Para recordar o que se passou ao longo desta quinta-feira, pode fazê-lo aqui.

Há séculos a aguardar a sua visita.

Lifestyle Campanha 03/05/22

Marque já a sua próxima viagem a partir de 59€ (ida e volta)!

patrocinado por Betclic

Os jogos (e as apostas) que prometem aquecer o fim de semana e a semana

Recomendados para si

window._taboola = window._taboola || [];
_taboola.push({
mode: ‘thumbnails-a’,
container: ‘taboola-below-article-thumbnails’,
placement: ‘Below Article Thumbnails’,
target_type: ‘mix’
});

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Fonte: NOTICIASAOMINUTO.COM