AO MINUTO: Costa demite Pedro Nuno Santos; Crise governativa à vista

O Governo apresentou, na quarta-feira, uma nova solução aeroportuária para Lisboa, que passava pela construção, até 2026, de um novo aeroporto no Montijo, e por encerrar o aeroporto Humberto Delgado, quando estiver concluído o de Alcochete. Contudo, na manhã de quinta-feira, o primeiro-ministro, António Costa, revogou o despacho, desautorizando, assim, o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos.

António Costa, a representar Portugal na cimeira da NATO que decorre em Madrid, Espanha, desconhecia o despacho sobre o novo aeroporto de Lisboa ontem apresentado pelo Governo e ‘defendido’ em diversas entrevistas televisivas por Pedro Nuno Santos, avança, esta quinta-feira, a SIC Notícias, citando fonte do Executivo. 

DESTAQUES

EM DIRETO

Cotrim de Figueiredo fala em "humilhação política" de Pedro Nuno Santos

Catarina Correia Rocha | há 7 minutos

Na Assembleia da República, João Cotrim de Figueiredo, líder do Iniciativa Liberal (IL), considerou que ocorreu a “humilhação política” de um ministro – Pedro Nuno Santos -, usando a expressão “república das bananas”. Assinalando que o partido não tem por hábito “pedir cabeças”, a IL vincou que não acredita que seja necessária uma intervenção de Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República. 

PNS tem condições para continuar? "Só o primeiro-ministro pode responder"

Catarina Correia Rocha | há 11 minutos

Pedro Nuno Santos tem condições para continuar como ministro? “Só o primeiro-ministro pode responder”. Esta foi a resposta de Inês Sousa Real, porta-voz do Pessoas-Animais-Natureza (PAN), ressalvando que devem ser prestados “todos os esclarecimentos” sobre em que condições é que o despacho sobre a solução para o novo aeroporto de Lisboa foi proferido.

"Ministro tem uma atitude de extrema gravidade"

Catarina Correia Rocha | há 6 minutos

Rui Rio comentou, esta manhã, numa declaração na Assembleia da República, a polémica que envolve a apresentação do plano do Executivo para o novo aeroporto de Lisboa, ontem, e a revogação desta solução, esta quinta-feira, por parte de António Costa: “Percebe-se agora que foi uma decisão unilateral de um ministro que tem uma atitude de extrema gravidade, porque, na prática, falta ao respeito ao próprio primeiro-ministro”. 

“Aquilo que para mim é claro é que o ministro não tem condições para estar no Governo. Se fosse eu, não tinha condições. Sendo outro o primeiro-ministro é que tem de avaliar isso, mas acho, sinceramente, que, se o ministro continua em funções, o Governo está numa situação de confusão geral que ninguém entende”, acrescentou o ainda líder da oposição. 

E mais: “Admitindo que o primeiro-ministro não demite o ministro, acho que aí até o próprio Presidente da República deveria forçar essa demissão”. 

PNS agiu à revelia? "Então tem de pedir a demissão"

Catarina Correia Rocha | há 32 minutos

“Se António Costa sabia do despacho de Pedro Nuno Santos sobre o aeroporto e o revoga no dia seguinte, não tem alternativa a demitir o Ministro. Se não sabia, e o Ministro agiu à revelia, então Pedro Nuno Santos tem de pedir a demissão”. A opinião é de Alexandre Poço, líder da Juventude Social Democrata (JSD) e deputado à Assembleia da República, e foi revelada no Twitter.

 

"Um ministro que deixou de o ser"

Catarina Correia Rocha | há 37 minutos

Também Nuno Melo já comentou a polémica indicando que este é um “exemplo da forma ligeira, inacreditável e incompetente com que o PS decide no Governo em Portugal”. O presidente do CDS-PP aponta ainda que, mesmo que Pedro Nuno Santos não coloque o seu lugar à disposição, trata-se de “um ministro que deixou de o ser, mesmo que decida ficar, só se pode demitir”.

"António Costa sabia ou não sabia do despacho do seu Ministro?"

Catarina Correia Rocha | há 40 minutos

Duarte Marques, ex-deputado à Assembleia da República, foi o primeiro a reagir à revogação do despacho acerca do novo aeroporto de Lisboa, por parte de António Costa. Numa publicação feita no Twitter minutos após ter sido noticiada a nota do primeiro-ministro, o social-democrata lança a questão: “Nesta nova polémica sobre o aeroporto só há uma dúvida que importa esclarecer: António Costa sabia ou não sabia do despacho do seu Ministro sobre os dois aeroportos?”

Em Madrid, Costa desconhecia despacho sobre novo aeroporto de Lisboa

Catarina Correia Rocha | há 43 minutos

António Costa, a representar Portugal na cimeira da NATO que decorre em Madrid, Espanha, desconhecia o despacho sobre o novo aeroporto de Lisboa ontem apresentado pelo Governo e ‘defendido’ em diversas entrevistas televisivas por Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, avança, esta quinta-feira, a SIC Notícias, citando fonte do Executivo.

António Costa demite Pedro Nuno Santos

Catarina Correia Rocha | há 47 minutos

O primeiro-ministro, António Costa, demite Pedro Nuno Santos caso o ministro das Infraestruturas não se demita, avança o Público. Em causa está o plano acerca do novo aeroporto de Lisboa, ontem apresentado e hoje revogado pelo Chefe do Executivo.

O Notícias ao Minuto está a tentar contactar o gabinete de António Costa no sentido de obter mais informações.

Costa anula novo plano aeroportuário. "Solução tem de ser negociada"

Catarina Correia Rocha | há 44 minutos

O primeiro-ministro, António Costa, determinou, esta quinta-feira, a revogação do despacho publicado ontem sobre a solução aeroportuária para a região de Lisboa e reafirmou que quer uma negociação e consenso com a oposição sobre esta matéria. “O primeiro-ministro determinou ao Ministro das Infraestruturas e da Habitação a revogação do despacho ontem publicado sobre o Plano de Ampliação da Capacidade Aeroportuária da Região de Lisboa”, pode ler-se num comunicado enviado às redações.

O gabinete de António Costa entende que “a solução tem de ser negociada e consensualizada com a oposição, em particular com o principal partido da oposição e, em circunstância alguma, sem a devida informação prévia ao senhor Presidente da República”. 

“Compete ao primeiro-ministro garantir a unidade, credibilidade e colegialidade da ação governativa”, pode ler-se na mesma nota, onde é também revelado que o “primeiro-ministro procederá, assim que seja possível, à audição do líder do PSD que iniciará funções este fim-de-semana, para definir o procedimento adequado a uma decisão nacional, política, técnica, ambiental e economicamente sustentada”.

PNS rejeitou decisão "unilateral". "Andamos há anos de mais a decidir"

Catarina Correia Rocha | há 56 minutos

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, afirmou, esta quarta-feira, que o país anda “há anos de mais” a decidir sobre o novo aeroporto de Lisboa e que não haveria nenhuma decisão “que não fosse alvo de críticas”. O governante rejeitou que a solução anunciada pelo Executivo seja “unilateral” e disse que foi o presidente eleito do PSD, Luís Montenegro, que se “pôs de fora”.

Numa entrevista à RTP, Pedro Nuno Santos começou por ser confrontado com as declarações do primeiro-ministro, António Costa, que, na semana passada disse, no Parlamento, que aguardava a decisão de Luís Montenegro sobre a localização do novo aeroporto de Lisboa para o veredicto final. O ministro disse ainda que foi Montenegro que se “pôs de fora” ao tecer uma declaração “muito desagradável”.

A nova solução aeroportuária para Lisboa (entretanto 'rasgada' por Costa)

Catarina Correia Rocha | há 59 minutos

O Governo apresentou, na quarta-feira, uma nova solução aeroportuária para Lisboa, que passava pela construção, até 2026, de um novo aeroporto no Montijo, e por encerrar o aeroporto Humberto Delgado, quando estivesse concluído o de Alcochete.

O plano passava ainda por acelerar a construção do aeroporto do Montijo, uma solução para responder ao aumento da procura em Lisboa, complementar ao aeroporto Humberto Delgado, até à concretização do aeroporto em Alcochete, apontada para 2035, segundo o Ministério das Infraestruturas.

O Governo atribuiu ao Laboratório Nacional de Engenharia Civil a elaboração do Plano de Ampliação da Capacidade Aeroportuária da Região de Lisboa e respetiva avaliação ambiental estratégica, o estudo da construção do aeroporto do Montijo, enquanto infraestrutura de transição, e do novo aeroporto ‘stand alone’ (único) no Campo de Tiro de Alcochete.

Novo aeroporto de Lisboa abre crise governativa?

Catarina Correia Rocha | há 1 hora

Damos início a um acompanhamento AO MINUTO acerca dos mais recentes desenvolvimentos sobre o plano aeroportuário apresentado esta quarta-feira – e hoje revogado por António Costa. Está aberta uma crise governativa?

Cancún desde 449€ ida e volta!

Lifestyle Viagens 19/01/21

Mergulhe nestas praias que são autênticos cenários de postal. Reserve já!

Recomendados para si

window._taboola = window._taboola || [];
_taboola.push({
mode: ‘thumbnails-a’,
container: ‘taboola-below-article-thumbnails’,
placement: ‘Below Article Thumbnails’,
target_type: ‘mix’
});

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Fonte: NOTICIASAOMINUTO.COM