CP alertou para "fortes perturbações", mas greve na IP foi desconvocada

CP alertou para

“Após uma ronda negocial entre a Aprofer e IP SA, que decorreu ontem [quinta-feira] em Lisboa, e num contexto de responsabilidade social, quer pela nossa parte, quer pelo nosso parceiro de negociação, foi desconvocada a greve de 24 horas que estava prevista para os dias 1, 3 e 5 de agosto de 2022″, avança a associação sindical em comunicado.

A greve abrangia os supervisores de circulação, supervisores do permanente geral de infraestruturas, operadores de circulação e operadores do permanente geral de infraestruturas e, na passada quarta-feira, tinha levado a CP a alertar para a possibilidade de ocorrerem “fortes perturbações” na circulação de comboios.

No comunicado hoje divulgado, a Aprofer clarifica ainda que “não está ligada a nenhuma central sindical”, tendo sido criada “em 2007 por um conjunto de trabalhadores que pertenciam, na altura, ao PCL (posto de comando local) de Campolide e que, mais tarde, com a criação dos CCO (centros de comando operacionais) da Refer, se alargou a nível nacional”.

Atualmente, diz, “representa mais de 70% de trabalhadores sindicalizados e não sindicalizados”, estando “também representada no Metro do Porto”.

Leia Também: Lucros extraordinários? Empresas “não podem ignorar quem sofre à volta”

Ponte Aérea Lisboa-Funchal

Lifestyle Viagens 17/02/22

Marque já a sua próxima viagem para o Funchal desde 25€ (ida).

patrocinado por Wook

Manuais escolares? É mesmo disto que precisa: A WOOK cuida de tudo!

Recomendados para si

window._taboola = window._taboola || [];
_taboola.push({
mode: ‘thumbnails-a’,
container: ‘taboola-below-article-thumbnails’,
placement: ‘Below Article Thumbnails’,
target_type: ‘mix’
});

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Fonte: NOTICIASAOMINUTO.COM