AO MINUTO: ONU apurará morte de 50 presos; Entregar turbina? "Impossível"

Assinala-se, esta quarta-feira, o 161.º dia da invasão russa da Ucrânia, que deverá ficar marcado pela chegada do primeiro navio carregado com cereais ucranianos ao Líbano.

Os últimos dias ficaram também marcados pela saída dos moradores de Donetsk, após a decisão de “retirada obrigatória” do presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky. Segundo o governador local, Pavlo Kyrylenko, dois terços dos civis já abandonaram a região. 

DESTAQUES

EM DIRETO

Legalizar casamento gay? "Impossível" agora, mas Zelensky admite soluções

Teresa Banha | há 2 minutos

A guerra na Ucrânia fez disparar o número de casais LGBTI+ que querem lutar pelo direito de legalizar o casamento e, por isso, foi criada uma petição nesse sentido. 

Esta quarta-feira, o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky reagiu a esta vontade do povo ucraniano indicando que, devido à lei marcial que vigora por causa da invasão russa, tal não é possível para já, mas admitiu soluções. 

Legalizar casamento gay? “Impossível” agora, mas Zelensky admite soluções

Lei marcial em vigor devido à guerra que se vive no país impede a legalização, mas o presidente ucraniano diz estar a trabalhar em alternativas até que seja possível.

Notícias ao Minuto | 18:51 – 03/08/2022

Rússia reivindica destruição de armas durante evacuação de Donetsk

Teresa Banha | há 3 minutos

A Rússia reivindicou, esta q

uarta-feira, a destruição no oeste da Ucrânia de um depósito de armas ocidentais, vitais para Kiev, enquanto prossegue a retirada de civis da região de Donetsk (leste), onde se intensificam os combates.

Rússia reivindica destruição de armas durante evacuação de Donetsk

A Rússia reivindicou hoje a destruição no oeste da Ucrânia de um depósito de armas ocidentais, vitais para Kiev, enquanto prossegue a retirada de civis da região de Donetsk (leste), onde se intensificam os combates.

Lusa | 18:31 – 03/08/2022

 

ONU vai investigar ataque que matou cerca de 50 prisioneiros de guerra

Teresa Banha | há 11 minutos

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas afirmou, esta quarta-feira, que o organismo está a trabalhar numa equipa que possa investigar o ataque que ocorreu no Donbass e que matou cerca de 50 prisioneiros de guerra – e deixou algumas dezenas de pessoas feridas. O ataque tem sido tema em cima da mesa, com a Rússia e a Ucrânia a acusaram-se mutuamente.

Os dois países pediram uma investigação, de acordo com o que António Guterres disse em declarações aos  jornalistas hoje, citado pela CNN. Segundo o responsável, é preciso que alguns pormenores para a investigação sejam aceites pela Ucrânia e pela Rússia antes de a investigação começar.

De acordo com Guterres, a equipa vai ser composta por “membros independentes”, e não uma equipa de investigação criminal.

ONu sobre exportação de cereais: "Um dia de cada vez"

Teresa Banha | há 18 minutos

O porta-voz do secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) falou, esta quarta-feira, sobre o primeiro navio que retomou a exportação de cereais da Ucrânia

“São boas notícias termos visto imagens de um navio de carga com mais de 26 mil toneladas de milho a zarpar de Odessa, que passou por Bósforo e está agora a caminho do Líbano… Um país que depende tanto da importação de alimentos”, afirmou Stephane Dujarric à Jazeera.

“Somos muito realistas, temos que levar as coisas um dia de cada vez. Há mais de 25 navios nos portos ucranianos que precisam de zarpar”, acrescentou o responsável.

Dujarric  afirmou ainda que a ONU esperava um “movimento de saída nos próximos dias” e notou que era importante que os navios zarpassem, por forma a que outros possam atracar nos portos ucranianos para serem carregados.

Dujarric said the UN expected more “outbound movement in the next few days”, adding it was important for berths in Ukraine’s Black Sea ports to be freed up in order to create space for other ships to dock and collect grain for export.

 

"A parceria entre a Ucrânia e o Ocidente é mais forte do que nunca"

Teresa Banha | há 34 minutos

O principal conselheiro da presidência da Ucrânia sublinhou, esta quarta-feira, que as forças ucranianas e os aliados estão mais fortes do que alguma vez estiveram.

“O objetivo da Rússia agora é debilitar o fornecimento de armas à Ucrânia. Os métodos favoritos da KGB são fragmentar a sociedade, semear a dúvida e lançar suspeitas a partir da desinformação e manipulação. Não temos entrado neste jogo. A parceria entre a Ucrânia e o Ocidente está mais forte do que nunca”, escreveu Mykhaylo Podolyak numa publicação partilhada no Twitter.

Entrega da turbina de gás à Rússia é "impossível", diz Gazprom

Teresa Banha | há 1 hora

A Gazprom anunciou, esta quarta-feira, que a entrega da turbina  de gás à Rússia é “impossível” devido às sanções, de acordo com a agência France Press.

“As sanções do Canadá, União Europeia e Reino Unido, assim como as inconsistências relacionadas com as obrigações contratuais da Siemens [produtora da turbina] fazem com que seja possível a entrega”, lê-se num comunicado emitido pela Gazprom.

Recorde-se que esta turbina é essencial para manter o fluxo de gás por toda a Europa, e que a paragem do seu funcionamento já fez com que a Alemanha reduzisse o consumo de gás russo, do qual é dependente.

Gazprom diz que operação de gasoduto que alimenta a Europa “é impossível”

Consórcio russo afirmou que a restituição à Rússia de uma turbina da Siemens apresentada como essencial para a operação do Nord Stream 1 é “impossível” devido às sanções a Moscovo

Marta Ferreira | 18:06 – 03/08/2022

Schröder diz que a Rússia quer dialogar. "Cessar-fogo primeiro", diz Kyiv

Teresa Banha | há 2 horas

O conselheiro da presidência da Ucrânia sublinhou, esta quarta-feira, que as conversações com a Rússia estavam dependentes do cessar-fogo em território ucraniano.

“Moscovo está a espalhar o terror com uma mão, e a convidar à rendição com a outra. Shredder – um conhecido mensageiro do Império [russo] e uma voz da justiça russa. Se Moscovo quer conversar, está dependente deles. Primeiro, cessar-fogo e a retirada de tropas. Depois, a construção”, escreveu Mykhaylo Podolyak numa publicação no Twitter.

As declarações surgem depois de ex-chanceler Gerhard Schröder, amigo do presidente da Rússia, ter dito que se tinha reunido com o mesmo, e que a Rússia queria uma “solução negociada” para a guerra. De acordo com o ex-responsável alemão, haverá a possibilidade de uma diminuição nos ataques.

Itália ratifica entrada da Suécia e Finlândia na NATO

Teresa Banha | há 2 horas

O parlamento de Itália ratificou, esta quarta-feira, a entrada da Suécia e da Finlândia na NATO.

De acordo com a Reuters, houve 202 votos a favor contra 13.

“Face à agressão da Rússia contra a Ucrânia, fortalecer a Aliança é um passo importante para impedir eventuais ameaças russas”, afirmou Giorgia Meloni, líder do partido conservador Fratelli d’Italia (FDI), que está à frente nas sondagens para as eleições de 25 de setembro, momento no qual será eleito o/a próximo/a chefe de Governo de Itália.

 

UE prepara guia para eventual rápido regresso de ucranianos

Teresa Banha | há 3 horas

A União Europeia (UE) está a preparar, juntamente com o governo da Ucrânia, uma comunicação com diretrizes aos cidadãos ucranianos sobre eventual rápido retorno aos países europeus se a situação piorar, quando muitos regressam já a casa.

UE prepara guia para eventual rápido regresso de ucranianos

A União Europeia (UE) está a preparar, juntamente com o governo da Ucrânia, uma comunicação com diretrizes aos cidadãos ucranianos sobre eventual rápido retorno aos países europeus se a situação piorar, quando muitos regressam já a casa.

Lusa | 15:32 – 03/08/2022

UE apoia criação de centros para sobreviventes de crimes sexuais

Teresa Banha | há 3 horas

A União Europeia (UE) está a apoiar a criação, na Ucrânia, de centros para sobreviventes de crimes sexuais durante a invasão russa, anunciou a Comissão Europeia, condenando que a violação seja “usada como arma”.

Ucrânia. UE apoia criação de centros para sobreviventes de crimes sexuais

A União Europeia (UE) está a apoiar a criação, na Ucrânia, de centros para sobreviventes de crimes sexuais durante a invasão russa, anunciou a Comissão Europeia, condenando que a violação seja “usada como arma”.

Lusa | 15:31 – 03/08/2022

  

Entrada de ucranianos na UE já está abaixo do pré-covid, diz comissária

Teresa Banha | há 3 horas

O número de ucranianos que entra na União Europeia (UE) em fuga da guerra está já abaixo do período pré-pandemia, registando-se até 40 mil passagens diárias nas fronteiras comunitárias, já com regressos ao país, segundo a Comissão Europeia.

Entrada de ucranianos na UE já está abaixo do pré-covid, diz comissária

O número de ucranianos que entra na União Europeia (UE) em fuga da guerra está já abaixo do período pré-pandemia, registando-se até 40 mil passagens diárias nas fronteiras comunitárias, já com regressos ao país, segundo a Comissão Europeia.

Lusa | 15:26 – 03/08/2022

Rússia a caminho da terra natal de Zelensky?

Teresa Banha | há 3 horas

A Rússia estará a planear um novo ataque em direção à região de Kryvyi Rih, local onde nasceu o presidente da Ucrânia. As informações são dadas pelos responsáveis do comando militar do Sul, e citadas pela Reuters. A cidade fica a cerca de 50 km de onde se localiza a frente de batalha-

De acordo com os mesmos responsáveis, as forças ucranianas estão também a montar uma contra-ofensiva na região de Kherson, a sul do país. Segundo o comandante, já conseguiram recuperar 53 povoações nesta zona, que está sob controlo dos russos – sendo uma das zonas, inclusive, na qual a Rússia planeia realizar um referendo, previsto para setembro.

Mais 180 soldados russos mortos nas últimas 24h, diz Ucrânia

Márcia Guímaro Rodrigues | há 3 horas

As Forças Armadas da Ucrânia revelaram, esta quarta-feira, que morreram 180 soldados russos nas últimas 24 horas, aumentando para 41.350 o número total de baixas russas desde o início da invasão.

Zelensky. Neutralidade da China "é melhor do que juntar-se à Rússia"

Márcia Guímaro Rodrigues | há 4 horas

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, considerou esta quarta-feira que o facto de a China manter uma política neutra em relação à invasão russa “é melhor do que juntar-se à Rússia”. Num discurso, dirigido a alunos de 20 universidades da Austrália, o chefe de Estado frisou que “não se pode ficar à margem da guerra agressiva travada pela Rússia contra a Ucrânia se forem partilhados os princípios democráticos”. Para Zelensky, “derrotar a tirania requer um apoio forte e eficaz de todo o mundo”. 

Negociar solução para conflito só se for "sob condições russas"

Márcia Guímaro Rodrigues | há 1 minuto

 A Presidência russa só negociará uma solução para o conflito na Ucrânia se for sob as suas condições, garantiu hoje o porta-voz do Kremlin, reagindo às declarações do antigo chanceler alemão Gerhard Schröder de que Moscovo quer negociar.

A Rússia está pronta para uma solução negociada sob as suas condições”, afirmou Dmitri Peskov, durante a sua conferência de imprensa diária.

Zelensky. Primeira exportação de cereais ucranianos "ainda não é nada"

Márcia Guímaro Rodrigues | há 6 horas

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, considerou que a primeira exportação de cereais ucranianos desde o início da invasão russa “ainda não é nada”, uma vez que as 26 mil toneladas enviadas para o Líbano são apenas uma fração da colheita que Kyiv tem de vender para recuperar a sua economia. 

“Ainda recentemente, graças à ONU e à Turquia, tivemos um primeiro navio a exportar cereais, mas ainda não é nada. Mas esperamos que seja uma tendência que continue”, disse numa intervenção, através de vídeo, dirigida a estudantes de 20 universidades da Austrália. 

View this post on Instagram

A post shared by Володимир Зеленський (@zelenskiy_official)

Forças russas atacam Lviv

Márcia Guímaro Rodrigues | há 6 horas

O Ministério da Defesa russo anunciou, esta quarta-feira, que destruiu um depósito de armas fornecidas pela Polónia na região de Lviv, avança a agência Reuters. Segundo a porta voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros polaco, Lukasz Jasina, não existe nenhuma informação que este ataque tenha acontecido.

Saiba mais aqui.

"Cooperação com o Ocidente chegou ao fim sem haver volta a dar"

Márcia Guímaro Rodrigues | há 4 horas

Um responsável governamental russo afirmou hoje que a era de cooperação entre a Rússia e o Ocidente terminou irreversivelmente, num artigo publicado na revista Mezhdunarodnaya Zhizn.

“Independentemente da duração e do resultado da operação militar especial [na Ucrânia], é já claro que o período de 30 anos de cooperação construtiva, ainda que com problemas, com o Ocidente chegou ao fim sem haver volta a dar”, afirmou o diplomata Alexei Dobrinin, que chefia o Departamento de Planeamento da Política Externa do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo.

Carga de cereais vinda da Ucrânia autorizada a seguir para Líbano

Márcia Guímaro Rodrigues | há 7 horas

O primeiro navio carregado de cereais que saiu da Ucrânia depois da invasão da Rússia, em fevereiro, já foi inspecionado em Istambul e vai seguir caminho para o Líbano, anunciou hoje o Ministério da Defesa da Turquia.
  

Chanceler alemão admite manter centrais nucleares ativas

Márcia Guímaro Rodrigues | há 7 horas

O chanceler alemão, Olaf Scholz, defendeu hoje que “pode fazer sentido” estender a vida útil das três últimas centrais nucleares ativas na Alemanha, que está a ser parcialmente privada de gás russo e teme uma crise energética. Estas centrais “só são relevantes para a produção de eletricidade e apenas para uma pequena parte”, mas “ainda podem fazer sentido”, afirmou o chanceler alemão.

Ucrânia: Chanceler alemão admite manter centrais nucleares ativas

O chanceler alemão, Olaf Scholz, defendeu hoje que “pode fazer sentido” estender a vida útil das três últimas centrais nucleares ativas na Alemanha, que está a ser parcialmente privada de gás russo e teme uma crise energética.

Lusa | 11:07 – 03/08/2022

Navio com cereais ucranianos inspecionado na Turquia. Eis as imagens

Márcia Guímaro Rodrigues | há 7 horas

O navio Razoni, que transporta o primeiro carregamento autorizado de cereais ucranianos desde o início da invasão russa da Ucrânia, já está a ser inspeccionado por responsáveis da Turquia, Organização das Nações Unidas (ONU), Rússia e Ucrânia. Clique aqui para ver as imagens.

Primeira-ministra da Escócia acusada de “glorificar” a guerra

Márcia Guímaro Rodrigues | há 9 horas

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, foi acusada de “glorificar” a guerra na Ucrânia por ter ‘retweetado’ uma publicação do Ministério da Defesa ucraniano, na rede social Twitter, que dava conta das baixas russas. 

A republicação da governante foi rapidamente eliminada, mas foi criticada pela oposição. A deputada do Partido Trabalhista escocês, Mercedes Villalba, escreveu: “A primeira-ministra da Escócia não devia glorificar a guerra. É possível ser contra a invasão de Putin da Ucrânia sem celebrar a morte de 41 mil pessoas. Apague a publicação e peça desculpa por este lapso de julgamento. Não é isto que solidariedade significa”

 

As imagens do hospital bombardeado em Mykolaiv

Márcia Guímaro Rodrigues | há 9 horas

Oleksiy Goncharenko, deputado ucraniano, filmou os escombros do hospital de Mykolaiv, bombardeado esta segunda-feira por mísseis russos C-300. O hospital tinha sido inaugurado em 2019. Um dos edifícios ficou completamente destruído, bem como ambulâncias que ali estavam estacionadas. No vídeo – que pode ver aqui – podem ver-se os trabalhos de remoção de escombros.

Lavrov diz que visita de Pelosi a Taiwan é tentativa de "irritar" a China

Márcia Guímaro Rodrigues | há 9 horas

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Sergei Lavrov, considerou, esta quarta-feira, que a visita da líder da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos da América (EUA), Nancy Pelosi, foi uma tentativa de Washington de “irritar” Pequim.

“Não vejo outra razão para criar tal aborrecimento quase do nada, sabendo muito bem o que [a visita] significa para a República Popular da China”, defendeu Lavrov, durante uma visita a Myanmar. 

Saiba mais aqui.

Société Générale perde 1.482 milhões devido à saída da Rússia

Márcia Guímaro Rodrigues | há 10 horas

O banco francês Société Générale perdeu 1.482 milhões de euros no segundo trimestre do ano, devido à transferência da sua subsidiária russa Rosbank por causa das sanções impostas naquele país pela invasão da Ucrânia.

Central nuclear de Zaporizhzhia "está completamente fora de controlo"

Márcia Guímaro Rodrigues | há 33 minutos

A central nuclear ucraniana de Zaporizhzhia, a maior da Europa, “está completamente fora de controlo”. O alerta foi dado pelo diretor da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA), Rafael Grossi, que instou a Rússia e a Ucrânia a permitir a entrada de peritos nas instalações para estabilizar a situação e evitar um acidente nuclear. Em entrevista à agência de notícias The Associated Press, o responsável explicou que a situação ficou “mais perigosa” desde que a central nuclear, situada na cidade de Enerhodar, foi ocupada pelas tropas russas, no início de março. 

Número de civis a tentar fugir de Kherson deverá aumentar

Márcia Guímaro Rodrigues | há 1 minuto

O Ministério da Defesa britânico considerou, esta quarta-feira, que “é provável” que o número de civis a tentar fugir da cidade de Kherson, ocupada pela Rússia, aumente. Em causa está o progresso das hostilidades entre as tropas russas e ucranianas e o aumento da escassez de alimentos.

“É provável que veremos um aumento de civis a tentarem fugir de Kherson e da área circundante à medida que as hostilidades prosseguem e a escassez de alimentos se agrava. Isto criará pressão nas rotas de transporte, resultando na implementação de medidas para controlar os movimentos”, explicaram os serviços secretos do Reino Unido, no mais recente relatório sobre a guerra na Ucrânia. 

EUA apoiam sistema de saúde ucraniano com quase 1,8 milhões de euros

Márcia Guímaro Rodrigues | há 33 minutos

A Agência dos Estados Unidos Para o Desenvolvimento (USAID) vai apoiar a recuperação do sistema de saúde ucraniano com mais 1,8 milhões de dólares (quase 1,8 milhões de euros), anunciou terça-feira a Organização Mundial da Saúde (OMS). A verba servirá para “fortalecer a vigilância e reporte de doenças infetocontagiosas na Ucrânia, com particular enfoque nas populações mais vulneráveis” e nas pessoas “com necessidades especiais” que vivem “em áreas remotas”, assim como “pessoas deslocadas” internamente.

EUA sancionam Alina Kabaeva, a alegada namorada de Vladimir Putin

Márcia Guímaro Rodrigues | há 11 horas

O governo norte-americano decidiu, esta terça-feira, aplicar sanções económicas a Alina Kabaeva, a alegada namorada de Vladimir Putin desde 2008, sendo esta apenas a segunda vez que Kabaeva é alvo direto de represálias dirigidas ao presidente russo.

Segundo o comunicado do Departamento da Tesouraria dos Estados Unidos, Kabaeva faz parte de um grupo de vários oligarcas russos, cujos bens nos Estados Unidos passam a estar congelados pelas autoridades. As empresas norte-americanas ficam também proibidas de negociar com a antiga ginasta olímpica.

Saiba mais aqui.

Rússia acusa EUA de estarem "envolvidos" nos combates na Ucrânia

Márcia Guímaro Rodrigues | há 11 horas

A Rússia acusou, na terça-feira, os Estados Unidos de estarem “diretamente envolvidos” nos combates na vizinha Ucrânia, ao coordenar, alegadamente, os ataques com mísseis do exército ucraniano. O porta-voz da Defesa russo, Igor Konashénkov, apontou as declarações à imprensa britânica do subchefe da inteligência militar ucraniana, Vadym Skibitsky, que diz provarem que Kiev e Washington coordenam as operações dos lança-foguetes móveis HIMARS.

Para recordar…

Márcia Guímaro Rodrigues | há 5 horas

Bom dia!

Márcia Guímaro Rodrigues | há 11 horas

Damos início a mais um acompanhamento AO MINUTO de todas as incidências relacionadas com a guerra na Ucrânia. Para recordar o que de mais importante se passou na terça-feira, clique aqui.

AO MINUTO: Cereais? Zelensky quer regularidade; 350 mil ainda em Donetsk

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a guerra na Ucrânia.

Notícias ao Minuto | 07:45 – 02/08/2022

Ponte Aérea Lisboa-Funchal

Lifestyle Viagens 17/02/22

Marque já a sua próxima viagem para o Funchal desde 25€ (ida).

patrocinado por BetClic

Os jogos (e as apostas) que prometem aquecer a semana

patrocinado por Wook

Manuais escolares? É mesmo disto que precisa: A WOOK cuida de tudo!

Recomendados para si

window._taboola = window._taboola || [];
_taboola.push({
mode: ‘thumbnails-a’,
container: ‘taboola-below-article-thumbnails’,
placement: ‘Below Article Thumbnails’,
target_type: ‘mix’
});

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Fonte: NOTICIASAOMINUTO.COM