Pensando em trocar de carro? Veja 5 dicas para evitar cair em golpes

Pensando em trocar de carro? Veja 5 dicas para evitar cair em golpes

Divulgação Mercado de carros usados conta com uma enorme variedade de modelos e preços

Comprar um carro pode ser a realização de um sonho para muitas pessoas. Há diversos modelos zero km ou seminovos e vários sites e plataformas e incontáveis anúncios espalhados pela internet, entretanto, é muito importante saber algumas dicas para evitar golpes nessas transações; confira algumas dicas :

De acordo com uma pesquisa da startup Dealersiteso interesse em comprar carros na internet cresceu 34% de janeiro a outubro de 2023 em comparação com o mesmo período em 2022. Por isso, é importante tomar cuidado contra os golpes virtuais, principalmente levando em consideração o estudo da Nord Security, que informa que 71% dos brasileiros já caíram em algum golpe on-line .

1 – Procure por sites oficiais

Para evitar problemas, o ideal é ir atrás de empresas com boas reputação no mercado. É importante procurar os sites oficiais das concessionárias e checar sempre se a oferta de fato existe.

“Escolher sites reconhecidos, verificar a reputação dos vendedores por meio de plataformas como Reclame Aqui e estar atento ao endereço eletrônico são práticas essenciais para evitar golpes”, explica o head comercial da Dealersites, Marcos Pavesi.

As diversas plataformas de venda de carro online permitem que uma pessoa física venda o carro, o que demanda ainda mais atenção. A recomendação é realizar o encontro para negociação do veículo em local público.

2 – Observe o preço

Muitas pessoas podem ficar encantadas com um preço muito baixo em certos anúncios, entretanto, é justamente nessas situações que o consumidor precisa ficar atento. Alguns sites já mostram o valor de tabela do veículo, e o interessado pode ver ser o valor está muito abaixo do mercado.

Geralmente, em casos onde os valores são muito baixos, podem esconder carros com procedência duvidosa e golpes. Em alguns casos, os golpistas podem exigir pagamentos adiantados como garantia ou reserva do carro e o potencial comprador deve evitar realizar qualquer pagamento antes da verificação do veículo e da formalização do contrato.

3 – Histórico do veículo

Para se certificar de que está comprando um carro com o valor correto, vale a pena sempre consultar o histórico do veículo. Sites especializados nesse tipo de consulta cobram um valor que pode ser considerado elevado, mas mostra se o carro passou por acidentes, leilões e etc. Essa é uma boa dica para evitar problemas futuros, com  seguro, por exemplo. Há seguradoras que não protegem veículos com passagem por leilão, ou pagam um valor abaixo da tabela nesses casos. Se mesmo assim você quiser comprar determinado veículo, pode tentar negociar um valor abaixo do pedido inicialmente.

4 – Agende um test-drive

O clássico test drive é uma ótima forma de evitar problemas. Isso somado ao laudo de vistoria cautelar e de procedência podem ajudar a identificar peças a serem substituídas, além de claro, o cliente poder decidir se o carro atende às suas necessidades e ao gosto pessoal, apesar do trajeto desses testes se caracterizarem por serem curtos.

5 – Atenção aos detalhes

Ao avaliar anúncios de carros, é extremamente importante examinar minuciosamente a veracidade das informações. A quilometragem do veículo, por exemplo, deve ser cuidadosamente analisada em relação ao estado geral, incluindo estofados e pneus. Em casos de modelos mais antigos com quilometragem surpreendentemente baixa, é aconselhável exigir o laudo cautelar do Detran para verificar a autenticidade do hodômetro. “Adicionalmente, é importante estar alerta para golpes envolvendo falsas vendas de consórcio, quando golpistas oferecem cartas de crédito contempladas a preços abaixo do mercado”, conclui o head comercial da Dealersites.

Fonte: CARROS.IG.COM.BR