Auxílio Emergencial: Datafolha mostra o que os brasileiros mais fazem com o dinheiro do benefício

Alento para os brasileiros em tempos de crise instaurada por conta da pandemia do coronavírus, o Auxílio Emergencial tem sido de suma importância para milhares de trabalhadores nos últimos meses. Internamente, o governo federal estuda a possibilidade de uma nova prorrogação do benefício. Neste paralelo, a Caixa Econômica Federal (CEF) segue os pagamentos das últimas parcelas.

Conceituado no mercado das pesquisas, o Datafolha publicou um levantamento na noite da última quinta-feira (13), onde apontou que os brasileiros, em sua grande maioria, tem utilizado a parcela de R$ 600 para realizar compra de alimentos.

A pesquisa mostra que 53% dos beneficiários utilizam a ajuda para efetuar compras de alimentos básicos para casa. Ainda segundo o estudo, 25% dos beneficiários pagam contas com o montante, 16% pagam despesas de casa, enquanto apenas 1% utilizam o Auxílio Emergencial para comprar remédios, álcool em gel e máscara.

A pesquisa

O estudo foi realizado nos dias 11 e 12 de agosto, e ouviu 2.065 brasileiros adultos que possuem telefone celular. Pessoas de todas as regiões e estados do país foram ouvidas. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

O Datafolha ainda perguntou aos entrevistados se o Auxílio Emergencial tem funcionado como única fonte de renda e os números surpreenderam. Cerca de 44% responderam que o recurso distribuído pelo governo federal é a única fonte de renda, enquanto outros 56% afirmaram que possuem outra fonte de renda. 

Nesta sexta-feira (14), a Caixa Econômica paga a quarta parcela do benefício para 4 milhões de brasileiros que nasceram em agosto. Na próxima semana, os beneficiários do programa Bolsa Família já começam a receber a quinta e última parcela.

Continue Lendo Comunicar Erro Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece CLIQUE AQUI

Fonte: I7NEWS.COM.BR