Auxílio Emergencial: governo define quantidade de parcelas e novos valores do benefício, diz jornal

Publicidade

A nova prorrogação do Auxílio Emergencial deve ser oficializada nos próximos dias pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Presente em um evento no nordeste do país, o chefe do Executivo confirmou que o benefício terá uma nova extensão por conta da crise instaurada no país em razão da pandemia do coronavírus.

Apesar do presidente não ter citado valores específicos da nova prorrogação do benefício, se limitando apenas a dizer que o recurso será esticado até dezembro, o jornal O Globo, trouxe alguns detalhes acerca da renovação do programa. Segundo o periódico, o Auxílio Emergencial será prorrogado por quatro meses e terá parcelas no valor de R$ 300, sendo pago entre setembro e dezembro.

Ao que tudo indica, a decisão será enviada ao Congresso por meio de uma medida provisória (MP).

Publicidade

“Meio-termo”

No início da semana, onde já havia sinalizado a prorrogação, Bolsonaro afirmou que seria necessário o governo encontrar um meio-termo para definir os novos valores. Classificando o valor atual de R$ 600 fora da realidade financeira do país, o presidente disse que a proposta de pagar R$ 200 sugerida por Guedes seria baixa.

Publicidade Publicidade

Nos bastidores do governo, há uma divisão de opiniões, enquanto o ministro da Economia defende a redução para o valor citado acima, a fim de se aproximar da transição segura do Auxílio Emergencial para o Renda Brasil, a ala política quer um valor maior.

Vale lembrar, que nas discussões iniciais para a criação do Auxílio, ainda em março, o governo pretendia conceder o valor de R$ 200. Contudo, o Palácio do Planalto decidiu subir o teto para R$ 600.

Continue Lendo Comunicar Erro imagem24-08-2020-13-08-04 Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece CLIQUE AQUI

Fonte: www.i7news.com.br/noticia/24157/economia/auxilio-emergencial-governo-define-quantidade-de-parcelas-e-novos-valores-do-beneficio-diz-jornal-23082020