Mulher morre ao realizar algo que muitas têm vontade; todo cuidado é pouco

Susana Thais Ferreira da Silva, de 33 anos, era igual a muitas mulheres. A jovem tinha um sonho e fez de tudo para que pudesse realizá-lo. O sonho de Susana foi realizado no último sábado (30). O problema é que em decorrência disso ela morreu dias depois, após ser internada no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió.

Susana tinha o sonho de colocar silicone nas nádegas e um anúncio feito na internet chamou a atenção. Ela decidiu entrar em contato, fazer um orçamento e, diante do preço, tomou a coragem de implantar o silicone. A responsável pelo procedimento se identificou como Marisângela e teria uma clínica de estética em Salvador, na Bahia.

A mulher realizaria procedimentos estéticos em várias cidades brasileiras. Para realizar a colocação do silicone, a mulher alugou um apartamento em um resort da zona norte de Maceió. Susana foi para lá e o procedimento foi realizado no sábado. R$ 4 mil foram investidos.

No mesmo dia, após colocar o silicone, Susana deu entrada no HGE. De acordo com o hospital, a paciente chegou à unidade às 23h14. A suspeita era de que ela tivesse embolia pulmonar e sepse (infecção generalizada). Horas depois, às 2h30, a morte de Susana foi confirmada.

O corpo passou por necropsia e apontou que causa da morte foi uma embolia pulmonar. Um laudo deverá indicar também qual o tipo de silicone que foi usado no procedimento estético. Susana deixa dois filhos, de 4 e 13 anos. A Polícia Civil está em busca da dona da clínica de estética que realizou o procedimento. O dono do resort prestou depoimento e ficou claro que ele não sabia de nada e apenas aluguel o apartamento.

Continue Lendo Comunicar Erro

Fonte: I7NEWS.COM.BR