Mulher que assinou termo de recusa da vacina morre de Covid-19

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

No domingo, 23, uma mulher de 77 anos que havia assinado um termo de recusa da vacina contra a Covid-19 morreu devido a complicações da doença em Esperança do Sul, no Rio Grande do Sul. As informações foram divulgadas pelo Folha.

O caso foi divulgado em primeira mão através do Facebook oficial da prefeitura da cidade. Na publicação, a prefeitura esclarece que a mulher, que não teve a identidade revelada, decidiu por não se vacinar contra a doença, isso diante da assinatura de um termo de recusa- medida que vem sendo sugerida pela Coordenadoria Regional de Saúde.

Além disso, ainda na publicação no Facebook, a prefeitura ainda faz questão de ressaltar que o imunizante não protege a pessoa 100% de contrair covid-19, contudo, previne que a doença evolua para casos mais graves, onde podem exigir internações e até levar o paciente ao óbito.

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

E não foi só isso. Aproveitando o caso, a prefeitura ainda anexou uma imagem do termo de recusa, para que assim, as pessoas que não desejem tomar o imunizante, preencham o mesmo com o seu nome, número do CPF e assinatura. No documento está escrito os dizeres “me recuso a receber a dose da vacina COVID 19 recomendada pelo Ministério da Saúde”. E mais, o documento ainda deixa claro que a pessoa que o preencher será responsável por “quaisquer eventos” que possam ocorrer em decorrência de sua decisão.

Com um total de 2885 habitantes, de acordo com a Folha, a prefeitura informou que menos de 50 pessoas assinaram esse termo de recusa de vacina contra Covid-19.

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://assets.revcontent.com/master/delivery.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
var script=document.createElement(‘script’);script.src=’https://backstage.i7.network/tags/728a61cb4d272644/index.js?rd=’+(Math.random()*10000000000000000);document.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(script);script.onload=function(){new i7Tag({‘placement’:’i7_articles_feed’});}
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR