Mulher morre após ser esfaqueada dentro de shopping no RJ; crime gerou pânico no local

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Um crime foi registrado no interior de um shopping em Niterói, no início da tarde desta quarta-feira (02). Uma mulher de 22 anos, identificada como Vitórya Melissa Mota, morreu após ser vítima de diversos golpes de faca, desferidos por um rapaz.

O suspeito do crime, Matheus dos Santos da Silva, segundo a polícia, seria namorado ou ex-namorado da vítima. Ele foi preso momentos após o ataque. As motivações do crime ainda são desconhecidas.

Vitórya foi vítima de vários golpes dentro do shopping Plaza Niterói, por volta das 13h10. Houve uma intensa correria dentro do espaço de compras e pânico entre os clientes. O suspeito acabou sendo detido por seguranças do shopping e, na sequência, foi entregue a uma equipe da Polícia Militar, que o levou para a 76ª DP (Niterói)

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Uma equipe do Corpo de Bombeiros também foi acionada para comparecer ao local, minutos após o ocorrido. Vitórya foi atendida e rapidamente conduzida para uma unidade hospitalar próxima, mas já chegou no Hospital Estadual Azevedo Lima sem os sinais vitais, e teve óbito confirmado. 

Compra da arma 

De acordo com investigações preliminares, o suspeito do crime teria comprado a arma, que utilizou para ceifar a vida da jovem, minutos antes, dentro do próprio shopping. 

Após o ocorrido, o Shopping Plaza Niterói divulgou uma nota em solidariedade à família de Vitórya, lamentando o crime bárbaro e afirmou que já está prestando todo o suporte necessário. O centro de compras ainda se comprometeu a ajudar as autoridades. Os investigadores devem utilizar imagens de câmeras de monitoramento para obter mais evidências sobre o crime. 

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://assets.revcontent.com/master/delivery.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
var script=document.createElement(‘script’);script.src=’https://backstage.i7.network/tags/728a61cb4d272644/index.js?rd=’+(Math.random()*10000000000000000);document.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(script);script.onload=function(){new i7Tag({‘placement’:’i7_articles_feed’});}
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR