Após caso Henry, mansão de Jairinho foi colocada à venda por milhões

Uma casa luxuosa de Jairinho, em um condomínio fechado de Mangaratiba foi colocada a venda por milhões. O belíssimo imóvel possui nada mais nada menos que 11 quartos, sendo que 6 deles possuem suíte. A casa foi colocada à venda depois que aconteceu a morte do menino Henry em março de 2021.

Casa luxuosa está à venda

O que mais chama a atenção dos vizinhos não é a beleza da casa em si, mas o fato de que era para esse local que Jairinho levava suas namoradas e os filhos delas, para passarem os fins de semana. Por ser uma região perto da praia, o imóvel era uma atração para o vereador Jairinho (sem partido).

Inclusive, a própria Monique Medeiros, mãe de Henry Borel, costumava visitar o local com o namorado e o filho. A casa tem uma piscina que lembra um coração e chama a atenção por seu tamanho.  O casal está preso pela morte do menino desde o dia 8 de abril. De acordo com os vizinhos da residência, a placa de venda só foi colocada em abril, depois que o caso ganhou notoriedade na mídia.

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Vendedor pede 3 milhões de reais

A propriedade foi adquirida por Thalita Fernandes Santos, irmã de Jairinho, em 2011. Na época a mulher pagou o valor de R$ 220 mil. Em 2014, o imóvel foi incorporado pelo preço de R$ 450 mil. Pelo telefone que foi fornecido na placa é possível entrar em contato com o vendedor. Ele oferece a casa por 3 milhões de reais. Se o imóvel realmente for vendido por esse valor, então os proprietários terão mais de R$ 2 milhões de lucro em cima do valor da compra.

O advogado de Jairinho foi procurado para prestar esclarecimentos sobre a venda do imóvel. Ele disse que a casa não está em nome de seu cliente e que a propriedade está à venda desde o início do ano passado, “a pretensão de vendê-lo não tem o propósito de evitar eventual bloqueio para efeito de indenização”, falou o advogado.

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://assets.revcontent.com/master/delivery.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
var script=document.createElement(‘script’);script.src=’https://backstage.i7.network/tags/728a61cb4d272644/index.js?rd=’+(Math.random()*10000000000000000);document.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(script);script.onload=function(){new i7Tag({‘placement’:’i7_articles_feed’});}
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR