PMs pedem socorro nas redes sociais após ataques no AM; efetivo da PM na cidade é de dois militares

Circula pelas redes sociais um vídeo onde dois policiais militares, lotados no município de Careiro Castanho, no interior do Amazonas, relatam que a cidade conta com um efetivo de apenas dois PMs, que são eles próprios, e um guarda municipal para a segurança do município.

O pedido de ajuda dos militares ocorreu após a cidade também registrar ocorrências de ondas de ataques semelhantes às que ocorreram na capital do estado, Manaus, no último fim de semana.

Após a divulgação das imagens, a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) informou, na manhã desta segunda-feira (7), que equipes de policiais militares foram enviadas para auxiliar e reforçar o patrulhamento da cidade.

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Na gravação, os militares denunciam que a cidade experimenta uma onda de violência fora do comum e que o efetivo de apenas dois policiais não é suficiente para atender às ocorrências, além de colocar a vida dos agentes em risco.

Segundo eles, a cidade está sendo atacada e rajadas de tiros foram disparadas contra a prefeitura e o Centro do Idoso. Além disso, os criminosos também atearam fogo na Secretaria de Obras e em outro prédio localizado atrás da prefeitura.

“Infelizmente, a realidade nossa aqui é essa. Dois PMs e um guarda municipal para tentar combater essa situação aí”, afirmou a policial.

Ataques em Manaus

A capital do estado viveu momentos delicados entre o fim da noite de domingo (6) e a madrugada desta segunda-feira (7). Criminosos atearam fogo em uma Unidade Básica de Saúde, no prédio sede do Sindicato de Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) e em um caixa eletrônico.

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://assets.revcontent.com/master/delivery.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
var script=document.createElement(‘script’);script.src=’https://backstage.i7.network/tags/728a61cb4d272644/index.js?rd=’+(Math.random()*10000000000000000);document.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(script);script.onload=function(){new i7Tag({‘placement’:’i7_articles_feed’});}
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR