Fuvest: começa hoje (16) segunda fase do vestibular, com novas regras em função da pandemia

As provas da Fuvest começam pontualmente às 13h, tanto no domingo (16) quanto na segunda-feira (17). Os candidatos poderão deixar o local a partir das 15h. As provas de Português e redação serão realizadas no domingo. Já na segunda-feira as provas serão de matérias especificas, de acordo com o curso escolhida pelo candidato.

Este ano são 11.147 vagas disponíveis para os candidatos. A Fuvest se encarregará da seleção de 8.211, enquanto o Sistema de Seleção Unificada (Sisu/Enem) ficará com a seleção das outras 2.936 vagas.

No dia 12 de dezembro ocorreu a primeira fase do vestibular em 35 cidades do estado de São Paulo. As provas duraram 5 horas e foram administradas 90 questões de múltiplas escolhas sobre matemática, português, geografia, química, história, biologia e inglês; além de questões interdisciplinares.

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

A queda do total dos participantes do vestibular deste ano é bem menor que o da edição passada. A maior queda foi do grupo conhecido como PPI (pretos, pardos ou indígenas). Deste total, na USP, no ato da inscrição, pouco mais de 20,1% se autodeclaram pretos, pardos ou indígenas. Verifica-se que é a menor proporção em nove anos, superando apenas o Fuvest 2013, quando 19,6% dos candidatos eram PPI.

A Medicina está sendo o curso mais disputado este ano em São Paulo, liderando no número total de inscritos por vaga, com índice 124,8 por cadeira disponível. Já o curso de Direito (São Paulo e Ribeirão Preto) vem em segundo lugar, com 8.130 inscritos e em terceiro está o de Medicina (Ribeirão Preto), com 7.560 inscritos.

Regras durante a pandemia de Covid-19

Serão mantidos os procedimentos de prevenção adotados em 2020 devido à pandemia. A ocupação máxima da sala será de 50% do total em cada escola.

Os participantes deverão usar máscaras o tempo todo da prova e só poderá ser retirada quando o aluno for tomar água e durante o reconhecimento facial, que será feito por um fiscal no decorrer da prova.

Na sala terá álcool em gel para a higiene das mãos e álcool etílico para mesa. Continua proibido o consumo de alimentos durante o período de aplicação de exame.

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR