Procurador valentão agride a chefe, vídeo viraliza e ele pode pagar caro pela covardia

O procurador Demétrius Oliveira Macedo, de 34 anos, de Registro (SP), virou assunto nas redes sociais depois de um vídeo em que ele aparece agredindo a colega de trabalho e chefe Gabriela Samadello Monteiro, 39. A procuradora ficou ensanguentada após a agressão.

Demétrius teria ficado revoltado ao saber que a procuradora havia aberto um processo interno contra ele. O jeito como o procurador tratava as colegas de trabalho já havia chamado a atenção. Gabriela foi agredida com cotovelada, socos e chutes. O vídeo abaixo mostra o ocorrido dentro da sala no interior da sede da prefeitura da cidade do interior de São Paulo.

Outras mulheres tentaram separar a briga, mas Demétrius insistia em agredir a colega. Somente depois de alguns segundos funcionários conseguiram contê-lo. A Polícia Militar foi acionada e um boletim de ocorrência foi registrado. O caso aconteceu na segunda-feira (20).

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

!function(t){var o=!1;t(“body, html”).bind(“touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel”,function(e){0==o&&t.getScript(“https://platform.twitter.com/widgets.js”),o=!0})}(jQuery);

Procurador começa a pagar pelo que fez

Demétrius foi encaminhado à Delegacia da Mulher, mas acabou solto porque a prisão não havia sido feita em flagrante. Apesar de ter sido solto, o procurador começa a pagar pelo ocorrido. Demétrius foi afastado de suas funções e ficará sem salário neste período.

O procurador deve responder por lesão corporal e desacato. Gabriela deu entrevista ao portal R7 e afirmou que está traumatizada com tudo o que aconteceu. “Medo de sair de casa sozinha, me sentindo fragilizada, dolorida, tive muita dor de cabeça, dificuldade para me alimentar”, afirmou após ser vítima da agressão covarde.

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR