Ex-DFCE desabafa sobre perda do filho: ‘Arrancaram meu coração’

Ex DFCE desabafa sobre perda do filho:

Reprodução/ Instagram Ex-DFCE desabafa sobre perda do filho após 40 semanas de gravidez

No último domingo (9), Ana Andrade, ex-participante do reality De Férias com o Ex, usou o perfil do Instagram, para desabafar sobre a perda o filho que estava esperando. O bebê morreu dias antes da influenciadora completar 40 semanas de gravidez.

“Hoje completam 16 dias do dia da passagem de meu filho. Yan voltou pros braços do Pai no dia 22 de setembro, faltando dois dias para completarmos 40 semanas. Apesar de breve sua passagem aqui, o meu filho foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida”, escreveu ela. 

Ana ainda afirmou que ficou encantada ao ver o rosto filho pela primeira vez, apesar das circunstâncias. “Meu primogênito. Yan nasceu perfeito. Eu imaginei um bebê lindo ao longo desses 9 meses quando pensava no rostinho dele. Ele se superou. Meu filho é o bebê mais lindo desse mundo, muito mais lindo do que eu sequer poderia pedir a Deus. Eu com esse cabelão cheio, e preto. E ele com cabelo claro e sobrancelha loira. Mas a boca desenhada a lápis, igualzinho a minha”, descreveu.

A ex-DFCE contou que foi pega de surpresa e ainda não sabe porque o filho não resistiu: “Não temos maiores explicações até então. Tivemos o melhor acompanhamento, um pré-natal perfeito, e estávamos totalmente saudáveis, os dois. Na quarta (dia 20), ouvimos o coraçãozinho dele, e na sexta (dia 22), já não ouvimos mais”.

“Parece que arrancaram meu coração com a mão. Desde então, temos passados por vários processos, várias decisões, muitos pequenos passos que jamais imaginei precisar dar, e que nem quero escrever aqui. E em todos eles, Vitor, meu parceiro e pai do nosso Yan, não soltou minha mão em momento algum. Nem minha mãe, avó do Yan, que tudo sente. E também outros seres especiais do nosso redor”, continuou no texto.

Ela também refletiu sobre a própria evolução com a gravidez: “Você deixou saudade, meu Yan. E minha missão agora é, aos poucos, transformar a dor em saudade leve, porque as lembranças que meu filho me deixa são as melhores desse mundo. Yan foi meu maior acerto. Yan foi meu maior motivador, meu tudo. Ele é cor nos meus dias, luz, e o amor mais puro que pude provar. Yan é tão iluminado, que teve uma festa de Cosme e Damião inteira dedicada a ele, que atendeu mais de 30 mil crianças carentes”.

“Meu anjo lindo, gratidão por me escolher. Gratidão mil vezes. Meu Yan, meu anjo, meu filho, eu te amo com a minha alma, porque a minha alma é eterna. Para todos, ficarei ausente daqui o tempo que eu precisar. Sobre as mensagens de condolências, talvez eu consiga responder algum dia. Sinceramente, as vezes pergunto como Deus viu em mim alguém que suportaria tal dor. Ele tudo sabe, eu ainda não entendo. Mas um dia, vou entender. E quando Deus assim permitir, nos reencontraremos, meu filho amado”, finalizou.

Fonte: GENTE.IG.COM.BR