Goleada fez Messi superar maior derrota de Pelé, Maradona e CR7

MARCA/REPRODUÇÃO Barcelona foi eliminado da competição após derrota

Não basta a eliminação na Champions League, a crise no Barcelona, a humilhação em campo: a goleada por 8 a 2 sofrida pelo Messi no Barcelona colocou o argentino isolado na liderança de um incômodo ranking: o de maior goleada sofrida entre os grandes craques mundiais, os seus três adversários no título de melhor da história, da atualidade, ou de seu país.

Messi, Pelé, Maradona e Cristiano Ronaldo. Curiosamente, até a última sexta, nenhum deles havia jamais perdido uma partida por mais de cinco gols de diferença, e seguiam todos empatados na diferença de gols em suas maiores derrotas.

Pelé, por exemplo, perdeu por 5 a 0 duas vezes: para o Penarol (URU), em um amistoso em 1964 e para o Palmeiras pelo Paulistão do ano seguinte. No fim da carreira, entre a saída do Santos e a ida para o Cosmos, Pelé quase sentiu o mesmo gosto que Messi: foi derrotado não por 8 a 2, mas por 8 a 3 em um jogo festivo na Bélgica contra o Anderlecht, em que fez parte de um time de estrelas mundiais. A partida – em que Pelé perdeu um pênalti – no entanto, não foi oficial.

Maradona só perdeu por 5 a 0 uma vez, em 1993, quando jogava pelo Sevilla contra o Real Madrid, em 1993, assim como Cristiano Ronaldo, que por sua vez jogava pelo Real Madrid contra o Barcelona, de Messi, em 2010.

Até o passeio alemão em Lisboa, a maior goleada de Messi tinha sido a derrota da seleção argentina para a Bolívia em 2009 – com Maradona, que nunca perdeu como jogador por mais de dois gols de diferença pela seleção, como técnico. Pelé só perdeu por três gols pela seleção brasileira e Cristiano Ronaldo, por Portugal, tem como pior derrota um 6 a 2 contra o Brasil em um amistoso há 12 anos. Ou seja, Messi sofreu a maior goleada entre os quatro por clubes e seleções.

Outro ranking incômodo que Messi agora lidera no grupo é o de maiores gols sofridos em uma partida. Como disse o meme, é oito patamar.

NÚMEROS

MESSI

— Pior derrota:

Barcelona 2×8 Bayern M. (2020)

— Pior derrota pela seleção:

Argentina 1×6 Bolívia (2009)

— Mais gols sofridos em um jogo:

Barcelona 2×8 Bayern M. (2020)

PELÉ

— Pior derrota:

Santos 0x5 Penarol (1964)

Santos 0x5 Penarol (1964)

— Pior derrota pela seleção:

Brasil 0x3 Itália (1963)

Brasil 0x3 Argentina (1964)

— Mais gols sofridos em um jogo:

Santos 2×6 São Paulo (1957)

Santos 2×6 Colo Colo (1959)

Santos 2×6 Cruzeiro (1966)

CRISTIANO RONALDO

— Pior derrota:

Real Madrid 0x5 Barcelona (2010)

— Pior derrota pela seleção:

Portugal 2×6 Brasil (2008)

— Mais gols sofridos em um jogo:

Portugal 2×6 Brasil (2008)

MARADONA

— Pior derrota:

Sevilla 0x5 Real Madrid (1993)

— Pior derrota pela seleção:

Argentina 2×4 URSS (1988)

— Mais gols sofridos em um jogo

Sevilla 0x5 Real Madrid (1993)

Fonte: ESPORTE.IG.COM.BR