Mariana Becker, famosa por coberturas em F1, fala sobre carreira e dificuldades

Becker Reprodução Becker

O Twitter lançou, nesta segunda-feira, mais um episódio da série #ElaEmPauta, em que jornalistas mulheres contam suas histórias em meio a conquistas e dificuldades da profissão. Neste capítulo, Mariana Beckerda Band, conta como foi seu começo na profissão e o que a levou a ser considerada uma das mais influentes repórteres de automobilismo no mundo. Mariana é especializada em F1 e tem acompanhado a categoria desde 2008.

imagem08-06-2021-17-06-09 Foto: Instagram imagem08-06-2021-17-06-10 Foto: Instagram imagem08-06-2021-17-06-11 Foto: Instagram imagem08-06-2021-17-06-12 Foto: Instagram imagem08-06-2021-17-06-13 Foto: Instagram imagem08-06-2021-17-06-14 Foto: Instagram imagem08-06-2021-17-06-16 Foto: Instagram imagem08-06-2021-17-06-16 Foto: Instagram imagem08-06-2021-17-06-17 Foto: Instagram imagem08-06-2021-17-06-19 Foto: Instagram imagem08-06-2021-17-06-20 Foto: Instagram imagem08-06-2021-17-06-21 Foto: Instagram imagem08-06-2021-17-06-22 Foto: Instagram imagem08-06-2021-17-06-23 Foto: Instagram imagem08-06-2021-17-06-24 Foto: Instagram imagem08-06-2021-17-06-26 Foto: Instagram imagem08-06-2021-17-06-27 Foto: Instagram imagem08-06-2021-17-06-29 Foto: Instagram imagem08-06-2021-17-06-30 Foto: Instagram imagem08-06-2021-17-06-32

– A gente [mulheres] teve que passar por coisas que a nova geração não passa. Acho que as coisas mudaram muito, mas têm de mudar ainda mais -disse Mariana. Que completou: “Insista. E insista. Não esmoreça na primeira dificuldade. Ela não é definitiva”.

Veja abaixo o episódio de Mariana Becker.

Você viu?

O primeiro vídeo da série foi divulgado no final de março e contou com a participação de Luciana Barreto, âncora da CNN . No Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, em 3 de maio, a plataforma disponibilizou o segundo conteúdo, com a história Fabiana Moraes, jornalista e professora de Recife.

A iniciativa foi inspirada na série #HerStoryrealizada pelo Twitter nos Estados Unidos no ano passado. Agora, além do Brasil, o Twitter também replicará o modelo dos depoimentos no Reino Unido, Índia, Japão e Coreia do Sul ao longo dos próximos meses. No Brasil, os vídeos são publicados a cada mês, sempre na mesma sequência de Tweets.


Fonte: ESPORTE.IG.COM.BR