Reforços caseiros e elenco principal de volta: as opções que Paulo Sousa encontra para escalar o Flamengo

Reforços caseiros e elenco principal de volta: as opções que Paulo Sousa encontra para escalar o Flamengo Lance! Reforços caseiros e elenco principal de volta: as opções que Paulo Sousa encontra para escalar o Flamengo

Está chegando o dia de Paulo Sousa conhecer o elenco principal do Flamengo pessoalmente. Nesta segunda-feira, os jogadores se reapresentarão no Ninho do Urubu para iniciar a preparação para a temporada. Enquanto isso não acontece, o treinador já foi ao CT duas vezes e, consequentemente, c onheceu os atletas que já iniciaram a preparação para o Campeonato Carioca . Nesse sentido, abaixo, veja as opções que o novo Mister encontra para escalar o Fla em 2022.

> Veja imagens da chegada de Paulo Sousa, o novo técnico do Flamengo, no Rio

Inicialmente, vale lembrar que o Flamengo terá uma baixa significativa na reapresentação. Isso porque Rodrigo Caio está internado em um hospital desde o último dia 02 de janeiro. O zagueiro trata de infecção de pele, na região dos pontos dados no joelho direito após artroscopia, em que foi submetido no início de dezembro, após o fim da temporada 2021 ( saiba mais ).

Além do defensor, o Flamengo terá outras três baixas, mas estas não serão apenas para este início de trabalho. O Rubro-Negro não exerceu a opção de compra do zagueiro Bruno Viana, que retornou ao Braga. Já o atacante Vitor Gabriel e o volante Hugo Moura serão emprestados até o fim da temporada para o Juventude e o Athletico-PR, respectivamente.

Por outro lado, é importante destacar que o Flamengo terá reforços caseiros para a disputa do Estadual. Após garantir vaga na segunda fase da Copinha, o clube anunciou que Wesley (lateral-direito), Marcos Paulo (lateral-esquerdo), Cleiton (zagueiro), Ryan Luka (atacante), Andre (atacante), Matheus França (meio-campista) e Werton (atacante) retornarão ao Rio de Janeiro neste domingo para se juntar ao elenco que se prepara para a disputa do Carioca, e, então, ficarão à disposição do futebol profissional ( saiba mais ).

Desse modo, estes sete jogadores se unirão a Eduardo (goleiro), João Fernando (goleiro), Matheus Cunha (goleiro), Álvaro (goleiro), Gabriel Noga (zagueiro), Patrick (zagueiro), Santiago Ocampos (lateral-direito), Ramon (lateral-esquerdo)
Daniel Cabral (volante), João Gomes (volante), Yuri (meia), Lázaro (meia-atacante) e Thiaguinho (atacante).

Tais atletas retornaram das férias no dia 03 de janeiro e formarão a base do time nas primeiras rodadas do Carioca. Assim, ainda que o Flamengo possa optar por iniciar os primeiros jogos com Maurício Souza à beira do gramado, quem se destacar, claro, pode ganhar mais oportunidades no decorrer da temporada com o Paulo Sousa.

E MAIS:

Quanto ao grupo principal, há poucas mudanças – já citadas acima. Como consta no próprio site oficial do clube, Diego Alves, Hugo Souza, Gabriel Batista e César são os goleiros. O primeiro terminou a temporada 2021 como titular da posição, quando saudável, e a performance do segundo já o credenciou como o reserva imediato na posição.

Já em relação a zaga, Paulo Sousa terá David Luiz, Gustavo Henrique e Léo Pereira à disposição, além, claro, de Rodrigo Caio, quando se recuperar. Na lateral-direita, o Rubro-Negro conta com Rodinei, Isla e Matheuzinho. Na esquerda, com Filipe Luís e Renê, além do próprio Ramon, que já se apresentou e forma a base do time que inicia o Carioca.

Dentre os volantes, o Fla conta com Willian Arão, Piris da Motta, Andreas Pereira e Thiago Maia. Além deles, João Gomes fez parte do elenco principal na última temporada, mas assim como Ramon, já se reapresentou e forma a base do time que inicia o Estadual.

Entre os meias, os nomes são Everton Ribeiro, Diego, Arrascaeta e Kenedy. Já no ataque, o Rubro-Negro tem Gabi, Vitinho, Bruno Henrique, Michael e Pedro. Este último, inclusive, deverá ter mais oportunidades com Paulo Sousa, conforme o próprio treinador revelou em entrevista recente à emissora portuguesa RTP ( veja na íntegra ).

– Vou querer ver constantemente uma equipe dominante com bola, que consegue criar inúmeras ocasiões de gol, seja pelos corredores laterais, seja pelos corredor central, onde somos muito fortes. Seja com o Gabigol, com o Bruno (Henrique), com o Pedro, que vai ter com certeza ainda mais espaço pela presença que nós vamos querer ter no último terço ofensivo. E todos aqueles jogadores que podem se destacar, como Michael. E vários jogadores que tiveram rendimento mais baixo também vão sentir esse crescimento.

E MAIS:

Fonte: ESPORTE.IG.COM.BR