Premier League desqualifica Abramovich do cargo de diretor do Chelsea

John Dobson/Divulgação/Chelsea Roman Abramovich, oligarca russo e proprietário do Chelsea

Organizadora da primeira divisão inglesa, a Premier League anunciou neste sábado que o Roman Abramovich foi desqualificado do cargo de diretor do Chelsea. A ação faz parte das sanções do governo britânico contra o oligarca, que tem ligação com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, responsável por autorizar um ataque contra a Ucrânia no fim de fevereiro.

A decisão da organização impede que Abramovich possa comandar o Chelsea, fazendo com que ele venda o clube de maneira imediata. O dono dos Blues já anunciou que vai fazer o negócio, mas as tratativas ainda não avançaram com um novo interessado.

Em entrevista à “Sky Sports”, o ministro de Tecnologia britânico, Chris Philp, informou que os eventuais interessados em adquirir as ações do Chelsea podem procurar o governo do Reino Unido para saber as condições do negócio.

– Pelas condições da licença, a venda não seria permitida. Mas, se um comprador aparecer, seria aberto a este comprador ou ao clube para que abordassem o governo e consultassem as condições que permitam uma venda – disse Chris Philp.

Segundo o jornal “The Guardian”, dois concorrentes estão entre os possíveis compradores do Chelsea: o empresário inglês Nick Candy e um consórcio liderado por Todd Boehly e Hansjörg Wyss.

Fonte: ESPORTE.IG.COM.BR