Tite abre mão do nove e estimula concorrência no ataque da seleção

Lance! Treinador terá Neymar e Richarlison como pilares

A dúvida que pairava sobre qual centroavante Tite escolheria para a volta da seleção brasileira ao Maracanã, na ausência de Matheus Cunha, foi respondida de uma forma simbólica. Sem Pedro nem Gabigol, do Flamengo, o técnico  renovou os nomes do setor sem a presença de um camisa nove de ofício, e demonstrou que prioriza atacantes com capacidade de criar situações de gol, não só concluí-las.

“Se você tem um nove que vem articular, você tem que ter jogadores que tenham profundidade e agressividade. A gente está variando situações, atletas, tendo alternativas neste aspecto. Depois, quando chegar no momento final, da definição dos atletas para a Copa, teremos real dimensão das combinações”, justificou o treinador, estimulando a concorrência na reta final para o Mundial.

Nesse contexto, nem Firmino, machucado, nem Gabriel Jesus, que voltou recentemente de lesão, reapareceram. Apenas Richarlison e nomes mais jovens, como Martinelli, a grande novidade da lista para os jogos contra Chile, dia 23, e Bolívia, dia 27, além de Rodrygo, Antony e Vini Junior.

Aos 20 anos, Gabriel Martinelli foi eleito o melhor jogador do Arsenal pelo segundo mês consecutivo ao fim de janeiro. Mas o bom começo de ano não é a única justificativa para ganhar a primeira chance. Tite mantém o critério de aproveitar na equipe talentos que deram retorno na seleção olímpica nos Jogos de Tóquio em 2021, como o próprio Matheus Cunha.

“Ele cresceu muito no Arsenal. Nós o visitamos, conversamos com Arteta (treinador) e demos uma olhada nele. É um jogador que merece (estar aqui), queremos dar-lhe uma oportunidade”, declarou o auxiliar da seleção, Cleber Xavier.

Neymar e Richarlison, os experientes
Dos sete convocados para o ataque, apenas Neymar, que recentemente completou 30 anos, já rompeu tal barreira. Fora o camisa 10, o mais velho é Raphinha, de apenas 25 anos. Rodrygo e Vinicius Junior têm 21 anos cada. Richarlison tem 24 e Antony, 22. A média de idade do ataque é de 23,2 anos, contra 30,3 dos goleiros, 30,2 dos laterais, 28 dos zagueiros e 27 dos meias.

O mais próximo de um atacante de área, que faz a função de referência, é Richarlison. Os demais fazem as funções pelos lados ou pelo meio.

Mesmo sem balançar as redes em 2022, Martinelli tem cinco gols e duas assistências em 24 partidas nesta temporada. Revelado pelo Ituano, o jovem foi vendido em 2019 por R$ 30 milhões. Em sua primeira temporada no Arsenal, foram sete gols nos sete primeiros jogos.

Dupla do Flamengo e Gerson perdem espaço
O técnico Tite preferiu não comentar as ausências dos jogadores do Flamengo. Além de Pedro, que não era chamado desde o fim de 2020, Gabigol e Éverton Ribeiro também ficaram fora. A ausência não acontecia desde o fim de 2021, quando Tite não chamou ninguém que atua no Brasil.

“Prefiro não comentar sobre Gabriel Barbosa e Éverton. Quero enaltecer quem foi convocado”, afirmou o treinador na coletiva de imprensa.

Leia Também

Fato é que a dupla do Flamengo perde ainda mais espaço na seleção. Nas últimas convocações, contra Equador e Paraguai, ambos não foram testados como titulares. Gabi entrou no fim da primeira partida, mas não atuou na segunda. Já Ribeiro teve minutos no último jogo e não no anterior. Vale lembrar que o meio-campo tem atuado com Paulo Sousa no Flamengo fora de sua posição. Desde o ano passado, Gabi vestiu a amarelinha em 13 duelos. O último gol foi na goleada por 4 a 1 sobre o Uruguai pelas Eliminatórias, em outubro de 2021.

No meio-campo, Gerson foi outro nome preterido ao lado de Éverton Ribeiro. O meia do Olympique de Marselhe ficou de fora e viu Arthur, da Juventus, reaparecer. A comissão técnica explicou que o jogador do clube italiano vem em bom momento após lesão que o tirou dos gramados por alguns meses. Outro jogador criativo que retorna é Phillippe Coutinho, em grande fase no Aston Villa.

Dos atletas que atuam no futebol brasileiro, foram chamados: Guilherme Arana (Atlético-MG) e Weverton (Palmeiras). O Brasil já está classificado para a Copa do Mundo e aguarda os adversários no Catar em sorteio a ser realizado pela Fifa no dia 1º de abril. Vale lembrar que a Seleção ainda terá de realizar a partida contra a Argentina, válida pela 6ª rodada das Eliminatórias, que acabou suspensa após intervenção de agentes da Anvisa e da Polícia Federal. O clássico ainda não tem data para ocorrer. Para os próximos compromissos, os atletas se apresentam desde o dia 20.

Por conta disso, o goleiro Weverton vai desfalcar o Palmeiras nas quartas de final e em uma possível semifinal do Paulistão. O Flamengo não perderia jogadores nas finais pois a federação havia ajustado a tabela.

Alisson (Liverpool)
Ederson (Manchester City)
Weverton (Palmeiras)

Danilo (Juventus)
Dani Alves (Barcelona)
Guilherme Arana (Atlético-MG)
Alex Telles (Manchester United)

Marquinhos (PSG)
Thiago Silva (Chelsea)
Eder Militão (Real Madrid)
Gabriel Magalhães (Arsenal)

Arthur (Juventus)
Casemiro (Real Madrid)
Fabinho (Liverpool)
Fred (Manchester United)
Bruno Guimarães (Newcastle)
Lucas Paquetá (Lyon)
Philippe Coutinho (Aston Villa) 

Antony (Ajax)
Gabriel Martinelli (Arsenal)
Neymar (PSG)
Raphinha (Leeds)
Richarlison (Everton)
Rodrygo (Real Madrid)
Vinicius Junior (Real Madrid)

Fonte: ESPORTE.IG.COM.BR