Falha de Diego Alves na Copa do Brasil traz à tona debate pela titularidade do gol do Flamengo

Lance! Falha de Diego Alves na Copa do Brasil traz à tona debate pela titularidade do gol do Flamengo

A derrota para o Atlético-MG por 2 a 1 no Mineirão, na última quarta-feira, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, trouxe à tona o debate de quem deve ser o titular do gol do Flamengo . Isso porque Diego Alves, que tem sido o escolhido por Dorival Júnior, falhou no primeiro gol da partida, marcado por Hulk, logo no começo do primeiro tempo.

> ATUAÇÕES: Diego Alves e Matheuzinho recebem as menores notas

O debate sobre a posição, vale lembrar, começou no início desta temporada, quando Hugo desbancou Diego Alves, que era o titular absoluto desde 2017. Sob o comando de Paulo Sousa, o experiente camisa 1 atuou em apenas duas oportunidades – todas no Cariocão.

No entanto, Hugo nunca foi unanimidade entre os torcedores, principalmente pelas falhas que cometeu neste primeiro semestre. Alguns dos erros, inclusive, vieram em momentos importantes, como na Supercopa do Brasil e na reta final do jogo contra o Ceará válido pelo Brasileirão. Ainda assim, o goleiro foi bancado pela comissão de Paulo Sousa.

E MAIS:

QUEM SÃO AS DEMAIS OPÇÕES HOJE?
Atualmente, o Flamengo ainda conta com mais dois goleiros: Matheus Cunha e Santos. O primeiro é oriundo das categorias de base e disputou apenas os dois primeiros jogos do Flamengo na temporada, todos válidos pelo Cariocão. Já o segundo foi um pedido do então técnico Paulo Sousa, mas que jogou apenas as Copas (do Brasil e Libertadores).

Cabe destacar que, após um mês e meio, Santos se recuperou de uma lesão muscular e voltou a ficar à disposição de Dorival Júnior. Aliás, foi por causa do problema físico que ele atuou em apenas quatro jogos do Flamengo – o arqueiro chegou a levar gol em todas as partidas, mas passou segurança e não cometeu falhas.

QUAL É O POSICIONAMENTO DO TREINADOR?
A opção do gol já foi tema de uma coletiva de Dorival Júnior. Após a vitória sobre o Cuiabá, pela 12ª rodada do Brasileirão, o treinador elogiou todos os jogadores que tem à disposição no Flamengo, mas não cravou nenhum deles como o titular absoluto.

– Nós temos três ótimos goleiros, além dos garotos da base que estão sendo preparados. A qualquer instante, poderemos ter um ou outro atleta jogando. Eu fiz isso nas últimas equipes que estive. Acho que esse tipo de convivência é necessária, o titular vai ser o que no momento esteja em melhores condições físicas, tecnicamente e taticamente, principalmente os jogadores de linha.

E MAIS:

Fonte: ESPORTE.IG.COM.BR