Saiba como usar os alimentos para minimizar os sintomas do clima seco

Oficialmente é inverno no Brasil até 22 de setembro, quando começa a primavera. Contudo, a estação é conhecida pelo clima seco em diversas regiões do país, como Mato Grosso, cuja umidade relativa do ar atinge índices alarmantes, abaixo de 20%, considerado estado de alerta pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Além do clima seco, os cuiabanos já estão sofrendo com a fumaça, que devido ao avanço dos focos de incêndio no Pantanal, acaba atingindo a capital.

São inúmeros os efeitos no organismo com a umidade do ar baixa e as fumaças, que geram mal-estar, pele seca, olhos vermelhos, boca e lábios ressecados e mais chances de contrair doenças respiratórias, como gripes, resfriados e crises alérgicas, o que nos dias atuais de pandemia do novo coronavírus (Covid-19) é um risco.

Céu esfumaçado de Cuiabá durante o período de seca (Foto: Arquivo/O Livre)

Por isso, é fundamental redobrar os cuidados com a alimentação para amenizar os sintomas do clima seco que comprometem a saúde.

Hidratar é preciso

De acordo com a nutricionista do Fort Atacadista de Mato Grosso, Rafaela Curcino Moreira, esses fatores podem ser minimizados, mantendo uma alimentação saudável e consumindo determinados alimentos que favorecem a hidratação.

“A principal recomendação para os dias secos é tomar bastante água, o que pode ajudar a aliviar a irritação na garganta e amenizar outros sintomas”, orienta.

Porém, é importante ressaltar que a regra dos dois litros de água por dia varia de pessoa para pessoa.

Nutricionista alerta que quantidade ideal de água varia conforme o organismo (Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

“A quantidade varia de acordo com alguns padrões individuais, como a prática de atividades físicas”, enfatiza a nutricionista.

Ela sugere saborizar a água com alimentos ricos em nutrientes, como folhas de hortelã, rodelas de laranjas ou limão, abacaxi, erva cidreira, gengibre, canela em pau, dentre outros, para aqueles que não têm o hábito de ingerir água com frequência.E, não recomenda beber água junto às refeições.

“O consumo deve ser feito entre os intervalos das refeições e nunca durante para não comprometer a absorção dos nutrientes”, reitera.

Outra fonte de hidratação recomendada pela nutricionista são as frutas. Coco verde, em especial a água de coco, rica em potássio, laranja, melancia e melão são as mais aconselhadas.

“Por serem compostas basicamente de água, são as que mais têm efeito positivo no auxílio à hidratação. Só para se ter uma ideia, 92% da melancia é composta de água, enquanto o melão tem cerca de 90%”, complementa Rafaela.

Cansaço

Quanto aos sintomas de cansaço e indisposição que o clima seco provoca, causado pelas altas temperaturas, a nutricionista reafirma a importância da alimentação saudável

“O ideal é dar preferência para refeições mais leves, com verduras, legumes, alimentos que tenham uma digestão mais fácil”, finaliza.

(com informações assessoria)

Encontrou algo errado na matéria?

Fonte: OLIVRE.COM.BR