No clima das Olimpíadas: receitas de pratos japoneses tradicionais adaptados

No clima das Olimpíadas: receitas de pratos japoneses tradicionais adaptados


Pexels Comida japonesa


No início do século XX, a culinária japonesa chegou ao Brasil através dos imigrantes orientais que vieram para o país para trabalhar nas lavouras. A partir daí, os pratos da ‘Terra do Sol Nascente’ ganharam espaço na mesa e no coração dos brasileiros. 

Atualmente, a culinária japonesa é extremamente popular no país. Porém, muitos pratos tradicionais do Japão passaram por adaptações ao paladar brasileiro, além é claro do toque de criatividade que tornou muitas receitas bem diferentes das originais. Vamos conhecer algumas comidas japonesas ‘abrasileiradas’? 



Temaki 

Visualhunt Temaki


Por aqui é bem comum vermos o temaki de salmão com cream cheese, mas a receita japonesa é bem mais simples: consiste em alga, arroz, algum vegetal (como o pepino, por exemplo), e um peixe ou fruto do mar. Incluir cream cheese não é nada comum por lá, sem falar no famoso temaki frito que também é consumido no Brasil. 

Hot and Roll

FreePik O famoso sushi empanado e frito é bem famoso por aqui, mas nada comum no Japão


O famoso sushi empanado e frito não é tradicional no Japão, mas tem popularidade por aqui. Além do recheio e da camada de arroz e alga, ele é envolto por diferentes tipos de farinha (de trigo, de rosca ou panko, por exemplo) para ficar crocante ao entrar em contato com o óleo quente.

Sushi doce

Pixabay Sushi com chocolate e granulado


Você viu?

Feito com morango, manga, banana, goiabada, geléia de maracujá ou chocolate, o sushi doce é outra adaptação que vai na contramão do tradicional sushi japonês que leva arroz, peixe e é envolvido com alga. 

Outras variações

Além dos exemplos citados anteriormente, há outras formas de adaptação da culinária japonesa no Brasil. O udon, por exemplo (um tipo de macarrão feito de farinha e servido normalmente como sopa), é preparado com mais shoyu e a vagem foi incorporada ao tempurá, que consiste em pedaços fritos de vegetais ou mariscos envoltos em um polme fino. 

Pixabay Tempurá


Além disso, novas verduras foram introduzidas ao sukiyaki, um cozido que leva os seguintes ingredientes: carnes fatiadas bem finas, verduras, udon, cogumelos, kamaboko (feito de frutos do mar combinados com aditivos como glutamato monossódico e modelados como se fossem pão) e outros ingredientes tradicionais do Japão. 

Da adaptação ao tradicional 

Agora, que tal aprender a fazer um prato tradicional da culinária japonesa, sem adaptações? 

O lámen (ou rámen) é uma sopa à base de macarrão que o Japão adotou da China. É um dos pratos mais populares do país e muito apreciado especialmente por trabalhadores sem tempo e estudantes sem recursos, porque é rápido, barato, nutritivo e suficiente para saciar a fome. 

Pexels Muito popular no Japão, o lámen é rápido de preparar, barato e suficiente para saciar a fome


Quer fazer essa iguaria no conforto da sua casa para dividir com a família? Veja a receita abaixo e aproveite a combinação única de sabores da culinária japonesa. 

Ingredientes (porção para 4 pessoas)

Modo de preparo

Primeiro, ferva a água em uma panela grande e depois acrescente o caldo de galinha, o caldo de carne de porco, o molho de soja, o pó de kombucha e o sal. Em seguida, ferva novamente e abaixe o fogo o máximo possível enquanto prepara o macarrão em outra panela. 

Cozinhe a massa até ficar ao dente, retire do fogo e escorra bem. Após isso, distribua o macarrão em quatro tigelas grandes e cubra com a sopa. Em cada uma das tigelas, coloque a metade ou as duas partes do ovo cozido e o broto de bambu em conserva, delicadamente. Acrescente as fatias de carne de porco, as fatias de kamaboko e finalize com pimenta a gosto.

Fonte: RECEITAS.IG.COM.BR