Gesto comovente: casal adota 7 irmãos que ficaram órfãos após pais morrerem em acidente

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

A família cresceu. Uma família residente na Califórnia, nos Estados Unidos, teve uma atitude comovente e de amor ao próximo, adotando sete irmãos que perderam os pais em um acidente automobilístico e foram para um orfanato. Já pais de cinco filhos biológicos, Pam Willis e Gary Willis se tornaram notícia no mundo inteiro pelo gesto comovente.

Pam Willis estava navegando nas redes sociais, quando tomou conhecimento do anúncio do orfanato informando que as crianças precisavam de um lar em definitivo. Após ver a matéria, ela chamou Gary, e os dois acabaram se comovendo com a história.

A adoção

Demonstrando interesse nas crianças, o casal ligou para o orfanato e foi conhecê-los. Lá, ficaram encantados com Adelino, de 15 anos, Ruby, de 13, Aleecia, de 9, Anthony, de 8, Aubriella, de 7, Leo, de 5, e Xander, de 4 anos de idade. Depois de toda a movimentação na documentação, Pam e Gary conseguiram adotar os sete irmãos, que foram morar em um novo lar em agosto do ano passado.

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

A cerimônia da nova família, em função da pandemia, foi virtual, contando com a presença dos outros cinco filhos de Pam e Gary: Matthew, Andrew, Alexa, Sophia e Sam, que é a caçula, com 20 anos.

View this post on Instagram

A post shared by Pam Willis (@second.chance.7)

!function(o){var e=!1;o(“body, html”).bind(“touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel”,function(t){0==e&&o.getScript(“//platform.instagram.com/en_US/embeds.js”),e=!0})}(jQuery);

Começo difícil

Em entrevista a um jornal da Califórnia, Pam disse que os seis primeiros meses foram complicados para que as crianças dormissem bem. No entanto, os novos integrantes da família foram se adaptando e, com o passar do tempo, as coisas ficaram mais tranquilas.

“Havia muito amor, eles nos deram uma segunda chance de ser pais, nós demos a eles uma segunda mãe e um segundo pai”, disse Pam, bastante contente pelo crescimento da família.

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://assets.revcontent.com/master/delivery.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
var script=document.createElement(‘script’);script.src=’https://backstage.i7.network/tags/728a61cb4d272644/index.js?rd=’+(Math.random()*10000000000000000);document.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(script);script.onload=function(){new i7Tag({‘placement’:’i7_articles_feed’});}
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR