Idosa de 101 anos coloca currículo em empresa: ' ajudar um pouco'

Já imaginou chegar aos 101 anos com disposição e vontade de trabalhar para ajudar em casa? Essa foi a história da dona Maria, uma idosa muito simpática que, para comprar as coisinhas que ela gosta de comer, enviou o seu currículo para uma empresa e pediu um emprego. A história da idosa viralizou na internet e fez com que muita gente se encantasse com sua história.

Idosa de 101 quer trabalhar para ajudar em casa

Acredite ou não, a idosa nasceu em 1919, e, com pouco mais de um século, ela decidiu que quer voltar a trabalhar. Segundo a idosa, a ideia partiu dela mesma e o intuito é conseguir comprar as coisas que ela gosta de comer, como vinho e carne, e não precisar depender só da filha que cuida dela com tanto carinho, “ajudar um pouco”, disse ela.

A idosa disse que não conseguiu terminar os estudos, pois morava na roça e fazia um trabalho pesado no campo. A bisneta da idosa foi quem embarcou na brincadeira com dona Maria. Ela fez o currículo da bisavó e enviou para a responsável pelo RH da empresa onde trabalha.

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Ela quer ter dinheiro para comprar seus vinhos

Juliana Araújo, que é responsável pelo RH do frigorífico onde Pâmela, a bisneta da idosa, e alguns outros membros da família, também trabalham, ficou encantada quando viu a data de nascimento de dona Maria. Ela decidiu compartilhar o currículo de dona Maria nas redes sociais e o post fez muito sucesso. 

A maioria das pessoas considerou a atitude dona Maria muito empondeirada, pois, mesmo com a idade avançada, a idosa quer correr atrás do dinheiro dela para comprar suas coisas. Após a divulgação do currículo, uma empresa de vinho se ofereceu para mandar garrafas para a idosa todo mês.

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://assets.revcontent.com/master/delivery.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
var script=document.createElement(‘script’);script.src=’https://backstage.i7.network/tags/728a61cb4d272644/index.js?rd=’+(Math.random()*10000000000000000);document.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(script);script.onload=function(){new i7Tag({‘placement’:’i7_articles_feed’});}
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR