Filhos prestam homenagem comovente para mãe que morreu 3 dias antes da formatura; impossível não se emocionar

A pandemia do coronavírus tem assolado e devastado as famílias brasileiras nos últimos meses, protagonizando histórias comoventes, que nem sempre terminam da melhor maneira possível. Incentivadora dos filhos, uma mãe não pôde ver a formatura deles, após ter morrido por complicações da Covid-19.

Abalados pela perda, os três irmãos decidiram prestar uma homenagem comovente à mãe, três dias depois do óbito dela, quando um deles estavam se formando como marinho.

O vídeo, que foi publicado nas redes sociais e acabou viralizando é um misto de homenagem e superação. Logo após a conquista alcançada, os três dedicaram o feito para mãe. 

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Matheus dos Santos Oliveira, de 21 anos, e Lucas, de 23 anos, são soldados Fuzileiros navais, e foram até a formatura do irmão mais novo, Daniel, que tem 19 anos, e estava se formando como marinheiro. 

Apesar da forte comoção, eles conseguiram deixar uma mensagem de total gratidão à mãe Geonilde dos Santos Oliveira, que tanto incentivou os três irmãos. 

Mensagem comovente

Na saída da formatura, ainda vestidos com as fardas, os rapazes pegaram o celular e gravaram essa mensagem:


“Aí minha mãe, sentimos orgulho de nós. Estamos aqui ó, cumprimos a nossa missão, felizes. Mãe, foi de mais, tá? De verdade. Obrigado por tudo, mesmo. [choro] Estamos felizes aqui, sempre unidos. [choro]. Conseguimos mãe, conseguimos. Obrigado por tudo. [choro] Aqui ó, pela senhora, pela senhora, formados! [mostram as insígnias das fardas]”
, afirmaram os irmãos na gravação. 

View this post on Instagram

A post shared by Só Notícia Boa | Good News?? (@sonoticiaboa)

!function(o){var e=!1;o(“body, html”).bind(“touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel”,function(t){0==e&&o.getScript(“//platform.instagram.com/en_US/embeds.js”),e=!0})}(jQuery);

Segundo Daniel, Nilde tinha sido diagnosticada com um quadro de câncer em junho, e ainda em tratamento, acabou testando positivo para o coronavírus. Ela era diarista e deixa os três filhos e o esposo. 

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://assets.revcontent.com/master/delivery.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
var script=document.createElement(‘script’);script.src=’https://backstage.i7.network/tags/728a61cb4d272644/index.js?rd=’+(Math.random()*10000000000000000);document.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(script);script.onload=function(){new i7Tag({‘placement’:’i7_articles_feed’});}
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR