Após conclusão da PF, Bolsonaro chama Moro de ‘traíra e mentiroso’

Reprodução/Rede sociais Jair Bolsonaro e Sergio Moro

Em live nesta quinta-feira (31), o presidente Jair Bolsonaro critiou seu ex-ministro da Justiça, Sergio Moro. A fala acontece após a Polícia Federal concluir que o presidente não cometeu crimes nas supostas interferências realizadas por meio da nomeação e tentativas de mudanças de cargos na corporação.

“Sérgio Moro: além de traíra, mentiroso,” disse Bolsonaro.

Moro é responsável pelas acusações feitas contra o presidente em seu pronunciamento de demissão do cargo, em abril de 2020. O inquérito foi aberto para apurar as acusações de que Bolsonaro demitiu o diretor-geral da PF Maurício Valeixo por ter interesse em interferir e obter informações de investigações em curso.

Em relatório enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), a PF alegou que “nenhuma prova consistente para a subsunção penal foi encontrada” contra Bolsonaro.

A investigação durou dois anos e ouviu depoimento de dezoito pessoas. Também foram realizadas “perícias, análises de dados e afastamentos de sigilo telemático implementados”.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

Fonte: ULTIMOSEGUNDO.IG.COM.BR