Estudante sofre queimaduras em 70% do corpo em colégio de Goiás

Reprodução/Facebook – 01.04.2022 Estudante foi socorrida pelos bombeiros após sofrer queimaduras

Uma aluna de 17 anos  sofreu queimaduras de 1° e 2° grau em aproximadamente 70% do corpo no Colégio Estadual do Setor Palmito, em Goiânia, na noite desta quinta-feira. Segundo o Corpo de Bombeiros de Goiás, ela foi socorrida ao Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol). Os ferimentos teriam sido provocados por outra estudante da unidade, que é maior de idade e foi presa.

De acordo com a Secretaria de Estado da Educação de Goiás (Seduc), o caso é acompanhado pela Superintendência de Segurança Escolar e Colégio Militar junto com a Coordenação Regional de Educação (CRE) de Goiânia. A Seduc informou ainda que contribui com o trabalho da Polícia Civil, responsável pela investigação do ocorrido, e que também abriu uma apuração interna para averiguar o que aconteceu.

“O Protocolo de Segurança Escolar foi utilizado para nortear as ações da Pasta, que ofereceu socorro imediato à vítima, acionou o Samu e a Polícia Militar, que prendeu a suspeita da agressão. A Coordenação Regional de Educação (CRE) de Goiânia oferece total apoio à família da vítima”, acrescentou a Seduc em comunicado. “Outros servidores atuarão diretamente na unidade escolar para acolher e acompanhar os demais alunos”.

As Polícias Civil e Militar foram procuradas, mas ainda não deram informações sobre o caso.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. 

Fonte: ULTIMOSEGUNDO.IG.COM.BR