Brasileira Lisa York recebe homenagem da prefeitura de Nova York pelo dia das mulheres

A prefeitura da cidade de Nova York faz homenagem para a brasileira Lisa Oliveira, mais conhecida por Lisa York, pelo dia das mulheres no mês de março. Lisa é funcionária pública da prefeitura da cidade e trabalha como pintora de pontes para o departamento de transporte NYDOT.

Lisa vem executando o trabalho de pintura de pontes por mais da metade de sua vida. Desde que começou a trabalhar, aos 19 anos, ocupou cargos tanto no setor privado quanto no público. Começou trabalhando como aprendiz no Sindicato dos pintores de pontes antes de avançar para a posição de trabalhadora e em seguida para a função de capataz. Trabalhou ainda como supervisora com foco no controle de qualidade.

A brasileira é a primeira mulher a passar no exame de serviço civil para Pintores de Pontes no NYC DOT. “É um exame fisicamente exigente. Tive que subir a ponte de Williamsburg e demonstrar que sabia o que estava fazendo com os procedimentos de segurança para conseguir passar. A aprovação no exame permitiu que eu assumisse mais responsabilidades”, conta Lisa.

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Segundo Lisa, o trabalho como pintora de pontes é desafiador, mas é algo que gosta muito. Planeja permanecer trabalhando até a aposentadoria. Gosta tanto do trabalho que chegou a incentivar uma sobrinha a seguir seus passos e pintar pontes com o NYC DOT.

“Quando comecei a trabalhar no sindicato foi muito difícil. Não tinha muitas mulheres trabalhando e imperava a discriminação. Quinze anos atrás quando eu chegava para trabalhar os homens perguntavam o que eu estava fazendo no lugar e que precisavam de um homem, não de uma mulher.”, conta a brasileira. “Estou aqui para trabalhar! Se você não gostar de mim tudo bem”, completa Lisa dizendo como respondia. Na maioria das vezes recebia uma chance de mostrar o trabalho, mas sempre escutava que se não trabalhasse direito não permaneceria no emprego.

Hoje Lisa afirma que as coisas mudaram. As pessoas conhecem seu trabalho não precisando provar nada nem para ela nem para ninguém. Todos sabem da sua capacidade de fazer um bom trabalho e com a mudança dos pontos de vista dos homens, graças ao pioneirismo de Lisa, muitas mulheres conseguiram trabalhar no setor.

“Os homens sabem que as mulheres podem fazer o trabalho e fazer muito bem. O sindicato lutou para que as mulheres tivessem empregos como o meu. Foi linda a homenagem que fizeram para mim, ainda mais no mês que as mulheres são homenageadas no mundo inteiro. Eu tive a honra de ser fotografada pela Deanne Fitzmaurice, fotógrafa renomada aqui. O meu objetivo é continuar fazendo um serviço com excelência e poder influenciar pessoas positivamente. Quero mostrar que podemos vencer barreiras que às vezes duvidamos que seja possível. É o meu foco no Instagram e no Youtube nos últimos anos”, encerra Lisa.

Para acompanhar mais sobre a vida de Lisa York acesse seu Instagram e seu canal do Youtube.

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR