Diplomatas dos EUA deixam consulado em Chengdu

Ouça este conteúdo Essa é sua matéria grátis do dia. Assine agora e tenha acesso ilimitado.R$ 0,99 no 1º mês

Diplomatas americanos deixaram o consulado dos Estados Unidos em Chengdu nesta segunda-feira (27), seguindo a ordem das autoridades chinesas para que desocupassem o local em 72 horas. A bandeira dos Estados Unidos foi arriada e uma placa que indicava o nome da missão diplomática foi removida. Na sequência, vários agentes chineses, com camisas brancas, foram vistos entrando no prédio.

A retomada do local foi acompanhada por centenas de pessoas que se reuniram em frente ao consulado na manhã desta segunda-feira e por milhões de chineses que acompanhavam o fechamento pela televisão, considerado histórico por uns. Segundo o jornal South China Morning Post, alguns viajaram de outras províncias para assistir o que consideraram um evento histórico. O consulado dos EUA em Chengdu, inaugurado em 1985, tinha cerca de 200 funcionários, dos quais 150 eram locais.

Pessoas assistem ao fechamento do consulado dos EUA em Chengdu, na China, em 27 de julho | Foto: Noel Celis / AFP| Noel Celis / AFP

A embaixada dos EUA em Pequim postou na rede social chinesa Weibo uma mensagem de despedida: “Hoje, nos despedimos do consulado dos EUA em Chengdu. Sentiremos sua falta para sempre”.

Retaliação

Porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Wang Wenbin | Foto: GREG BAKER / AFP| AFP

A China ordenou o fechamento do consulado americano em Chengdu como “uma resposta justa e necessária ao fechamento dos EUA do consulado da China em Houston”, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Wang Wenbin, nesta segunda-feira, ao anunciar que as autoridades chinesas já tinham retomado controle sobre a instalação.

“A situação atual entre a China e os EUA é algo que não queremos ver, e a responsabilidade é apenas dos EUA”, disse.

Os Estados Unidos justificaram a decisão de encerrar o consulado chinês no Texas alegando que o local era usado como centro de espionagem e roubo de propriedade intelectual dos EUA.

1COMENTÁRIOSDeixe sua opiniãoEncontrou algo errado na matéria?comunique erros Sobre a Gazeta do Povox Sobre a Gazeta do Povo

Fonte: GAZETADOPOVO.COM.BR