Homem que humilhou motoboy pode sofrer duro revés em breve

As humilhações sofridas pelo entregador Matheus Pires Barbosa, de 19 anos, continuam repercutindo nas redes sociais. Na sexta-feira (7), passou a circular vídeo em que ele aparece sendo humilhado por um homem, identificado como Mateus Abreu Almeida Prado Couto, de 31 anos, em um condomínio de Valinhos, interior de São Paulo.

Diversos internautas se manifestaram nas redes sociais contra as cenas que haviam sido registradas no dia 31 de julho. Matheus, o motoboy, não reagiu com agressividade, mas não ficou calado diante das humilhações que sofreu. O jovem conversou com Luciano Huck, por videochamada, participou do programa de José Luiz Datena, na Rádio Bandeirantes, e ganhou uma moto zero quilômetro do humorista Mateus Ceará.

Campanha pede prisão de homem que humilhou entregador

As cenas gravadas dentro de um condomínio de Valinhos causaram revolta. Diante das imagens de injúria racial explícita, internautas lançaram uma campanha virtual pedindo a prisão de Mateus Couto. O objetivo é colher 150 mil assinaturas. Até a noite desta segunda-feira (10), 100 mil já haviam sido colhidas.

“Até quando racistas e opressores ficarão impunes no Brasil? Queremos uma resposta dos responsáveis pelo caso na polícia. O agressor não pode ficar livre”, diz parte do texto da campanha. Matheus Pires registrou boletim de ocorrência contra o agressor.

Os familiares do homem de 31 anos teriam apresentado à Polícia Civil de Valinhos documentos que comprovam que o contador é esquizofrênico. De acordo com reportagem do Fantástico, da Rede Globo, o homem sofreria de esquizofrenia paranoide.

Continue Lendo Comunicar Erro Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece CLIQUE AQUI

Fonte: I7NEWS.COM.BR