Arthur do Val diz que desafeto é criminoso para tirá-lo do Pânico

Divulgação/Assembleia Legislativa de São Paulo Arhtur do Val é candidato à Prefeitura de São Paulo

Áudios inéditos mostram que o candidato à Prefeitura de São Paulo, Arthur do Val (Patriota-SP) , confessa que mentiu para a cúpula do Grupo Jovem Pan com o intuito de tirar Felipe Ferreira do programa Pânico. As informações são do The Intercept Brasil.

Leia também

O “Mamãe Falei” atribuiu a Ferreira um ataque que aconteceu em dezembro de 2016 realizado por cinco homens na sede do MBL, na Vila Mariana, em São Paulo.

“Tutinha: mandei mensagem pro Tutinha, [e] Tutinha me ligou. Daquele jeito dele – você tá trocando ideia com ele e parece que ele não tá nem aí pra porra nenhuma. Aí falei pra ele: ‘Cara, esses caras são queimados, esses caras…’ Eu inventei aqui, eu falei: ‘Meu, eles já tentaram invadir a sede do MBL armados, eles já botaram fogo num carro dum coordenador do MBL . Já botaram fogo não, já vandalizaram o carro inteiro, quebraram os vidros, tal’. Eu me referi à Kombi, né? Mas não falei que era a Kombi, óbvio”.

Em outros trechos da mensagem de ádio, Arthur do Val diz que Ferreira teria envolvimento no que titulou como “polêmica” da viagem de alguns deputados do PSL para a China. Apesar das afirmações, Felipe Ferreira não integrou a comitiva.

Além de entrar em contato com a cúpula do Jovem Pan para que a demissão de Ferreira acontecesse, Mamãe Falei pediu para que Joice Hasselmann e Kim Kataguiri pressionar o apresentador Emílio Surita .

“Mas eu acho que primeiro vamos tentar assim. Eu mandei uma mensagem pra Joice [dizendo]: ‘Oi, Joice, tudo bom?’ Se ela me responder, eu vou falar assim: ‘Ô, Joice, você lembra desses caras?’ E mandar esse link desse vídeo. Aí vou falar pra ela… Vou sentir, se ela estiver contra o cara, vou falar: ‘Meu, liga no Tutinha, liga nos caras que você conhece, dá uma boicotada lá’. E vamos ver. Porque, se ela também falar: ‘Ah, lembro. Ah, não, mas está tudo bem entre a gente agora’, aí também não adianta usar a Joice, entendeu?”, diz outro trecho do áudio vazado.

A direção da Jovem Pan preferiu não se pronunciar sobre o caso, mas Ferreira não voltou mais ao programa Pânico. Duas indicações de Arthur do Val foram colocadas no Lugar: André Alba, comediante reacionário e André Marinho, filho do empresário Paulo Marinho, suplente de Flávio Bolsonaro no senado. 

Fonte: ultimosegundo.ig.com.br/politica/2020-09-28/arthur-do-val-diz-que-desafeto-e-criminoso-para-tira-lo-do-panico-eu-inventei.html