Vice de Bruno Covas foi acusado pela esposa de violência doméstica e ameaça

Reprodução / Facebook Ricardo Nunes ao lado de Regina Carnovale

O vereador Ricardo Nunes (MDB), candidato a vice-prefeito na chapa de Bruno Covas (PSDB) , foi acusado em 2011 de violência doméstica, ameaça e injúria pela esposa. Os dois continuam casados até hoje. As informações são da Folha de São Paulo.

Leia também

O boletim de ocorrência contra o vereador foi feito no dia 18 de fevereiro de 2011, na 6ª Delegacia da Mulher, localizada em Santo Amaro, na zona sul de São Paulo, por Regina Carnovale , esposa de Nunes.

No relato registrado pela polícia, Regina disse que estava em uma união estável com Nunes e que eles estariam separados há sete meses, antes do registro. O motivo da separação seria o “ciúme excessivo” do candidato à vice-prefeito de Bruno Covas .

“Inconformado com a separação, [ Ricardo Nunes ] não lhe dá paz, vem efetuando ligações proferindo ameaças, envia mensagens ameaçadoras todos os dias e vai em sua casa onde faz escândalos e a ofende com palavrões. Afirma a vítima que diante da conduta de Ricardo está com medo dele”, diz um dos trechos do boletim de ocorrência que contém a assinatura de Regina.

Em postagens antigas nas rede sociais, Regina questionou: “Como um político pode ser bom para o povo se ele não consegue ser bom nem pra ex-mulher e filha no qual viveu por 17 anos e exatamente isso um lobo fingindo ser um cordeiro”, compartilhou. Regina disse que a conta foi hackeada.

Fonte: ultimosegundo.ig.com.br/politica/2020-10-16/vice-de-bruno-covas-foi-acusado-pela-esposa-de-violencia-domestica-e-ameaca.html