Tragédia: aeronave que transportava vacinas contra a Covid-19 sofre queda e pega fogo; não sobrou nada

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Uma tragédia foi registrada nas primeiras horas desta quinta-feira, dia 25 de março. Um helicóptero da Força Aérea do Uruguai, encarregado de transportar um lote de vacinas da Pfizer para a imunização da cidade de Rocha naquela localidade, sofreu uma pane em pleno voo e os pilotos tiveram que proceder a um pouso forçado.

De acordo com as autoridades locais, apesar dos procedimentos de segurança terem sido tomados, o helicóptero foi incendiado pela força do impacto, destruindo de maneira integral todo o lote de vacinas que transportava. A notícia é desesperada, sobretudo pela escassez dos imunizantes e a corrida contra o tempo para a imunização em massa da humanidade.

Informações publicadas pelo jornal El País indicam que três tripulantes estavam à bordo do helicóptero. Todos conseguiram escapar com vida e não correm risco. A aeronave é do modelo Bell 212 e passará por análises periciais pelas autoridades locais com o intuito de apurar as causas do acidente.

var vitag = vitag || {};
vitag.outStreamConfig = {
distanceBottom: 65, // 0- 120 px,
}
vitag.videoDiscoverConfig = { random: true, noFixedVideo: true }; (vitag.Init = window.vitag.Init || []).push(function () { viAPItag.initInstreamBanner(“vi_937432432”) });
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Não foram divulgadas informações precisas a respeito da quantidade de vacinas que estavam à bordo do helicóptero. Sabe-se, porém, que fazia o transporte de uma fração do terceiro lote destinado ao Uruguai contendo 50 mil vacinas da Pfizer. O país tem um contrato de 450 mil doses do imunizante até o fim de abril, sendo que 100 mil já foram distribuídas.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

A imunização no país começou no dia 27 de fevereiro e, apesar de ocorrer de maneira tardia em relação ao Brasil, já vacinou um número proporcionalmente maior de habitantes, atingindo 9,91% de imunizados a cada 100 mil habitantes ante 6,64% do Brasil sob os mesmos critérios de análise.

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
var script=document.createElement(‘script’);script.src=’https://backstage.i7.network/tags/728a61cb4d272644/index.js?rd=’+(Math.random()*10000000000000000);document.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(script);script.onload=function(){new i7Tag({‘placement’:’i7_articles_feed’});}
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.COM.BR