EUA monitoram foguete chinês que deve reentrar na atmosfera terrestre

Centro de Lançamento Espacial de Wenchang, onde um foguete Long March-5B foi lançado para levar ao espaço a cápsula central da estação espacial chinesa, que começa a ser construída.| Foto: Divulgação/Administração Espacial Nacional da ChinaOuça este conteúdo

O Comando Espacial dos Estados Unidos informou nesta terça-feira (4) que está monitorando uma grande parte de um foguete chinês que deve reentrar na atmosfera terrestre no sábado. Ainda não é possível saber onde os destroços vão cair. No ano passado, a Nasa criticou a agência espacial chinesa depois que destroços da parte principal de um foguete chinês do mesmo tipo caíram na Costa do Marfim, na África.

“O Comando Espacial dos EUA está ciente e rastreando a localização da Long March 5B chinês no espaço, mas seu ponto de entrada exato na atmosfera da Terra não pode ser determinado até poucas horas após sua reentrada, prevista para 8 de maio”, disse Mike Howard, porta-voz do Pentágono.

O grande foguete chinês foi usado para levar ao espaço, na semana passada, a cápsula central da estação espacial chinesa, que está em construção. O tamanho do foguete, de 22 toneladas, gera preocupação de que grandes partes dele não sejam destruídas com o calor da reentrada na atmosfera e possam atingir áreas habitadas, embora o risco seja muito pequeno, segundo especialistas.

0xCompartilhe

Fonte: GAZETADOPOVO.COM.BR