Criança encontrada chorando sozinha na fronteira se reencontra com sua mãe: ‘Deus cuidou de mim’

Há alguns dias, os meios de comunicação mostraram a história do pequeno Wilson Obregón, de apenas 10 anos e natural da Nicarágua. Imagens do menino chorando ao ser localizado na fronteira entre Estados Unidos e México, dizendo que foi abandonado no local, acabou voltando a colocar em evidência o grave problema migratório dos Estados Unidos, que perdeu um pouco a atenção após a troca de presidentes.

O caso gerou muita comoção e muita gente queria ajudar o menino de alguma forma. Felizmente, sua mãe foi encontrada e os dois puderam se reencontrar. Meylin Obregón, mãe de Wilson, foi sequestrada por um grupo de narcotraficantes que exigem dinheiro para deixar as pessoas atravessarem a fronteira.

O irmão de Meylin, Misael Obregón, que atualmente mora no estado norte-americano da Flórida, disse que precisou pagar cinco mil dólares para que os traficantes liberassem sua irmã com vida. Meylin foi abandonada em uma via deserta perto da fronteira, sendo localizada pelas autoridades locais.

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Ela só foi libertada semanas depois de Wilson ser encontrado pelos policiais que fazem a patrulha na fronteira. Durante esse tempo, Wilson ficou em um abrigo para menores no Texas e Meylin foi levada para lá, a fim de ficar junto com o filho.

A mulher deu uma breve entrevista para o jornalismo da Telemundo: “Eu sai do martírio. Deus cuidou de mim, só ele sabe o tanto que sofremos. Eu dou minha vida pelos meus filhos, eles são sangue do meu sangue, eu nunca os teria deixado sozinhos”, declarou a mulher, justificando que nunca abandonou o menino, apenas foi vítima dos traficantes”.

O reencontro ganhou destaque na TV mexicana e estadunidense. “Não tenho palavras para explicar a grande alegria de abraçar meu filho novamente e saber que estamos todos bem”, finalizou Meylin sorrindo ao lado de Wilson, que agora também sorri à toa por ver seu pesadelo chegar ao fim.

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://assets.revcontent.com/master/delivery.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
var script=document.createElement(‘script’);script.src=’https://backstage.i7.network/tags/728a61cb4d272644/index.js?rd=’+(Math.random()*10000000000000000);document.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(script);script.onload=function(){new i7Tag({‘placement’:’i7_articles_feed’});}
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR