Marido de mulher que teria dado à luz dez bebês quebra silêncio e deixa todos impactados com revelação

No início do mês, o surgimento de uma notícia vinda da África do Sul chamou atenção e percorreu os quatro cantos do mundo. Identificada como Gosiame Thamara Sithole, uma mulher de 37 anos, teria dado à luz dez bebês. O caso foi revelado pelo jornal “Pretoria News” e teve ampla repercussão, mas intrigou a todos por volta de provas.

O periódico chegou a realizar uma entrevista com a sul-africana semanas antes do referido parto de 10 bebês. No dia 7 de junho, Sithole teria dado à luz aos bebês, no entanto, nenhum registro dos bebês ou indício da unidade hospitalar onde ela teria sido internada veio à tona, o que impactou no surgimento de rumores classificando o fato como uma farsa.

Após ter confirmado à imprensa local o nascimento dos filhos, confirmando sete meninos e três meninas, o companheiro de Sithole, Tebogo Tsotetsi, quebrou o silêncio diante de toda a polêmica surgida e do paradeiro da mulher. 

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Nesta terça-feira (15), ele emitiu um comunicado em que pediu desculpas por “qualquer inconveniência e constrangimento”. Além disso, Tsotetsi alegou que sua família “concluiu que não há décuplos”, rechaçando assim a existência dos bebês. 

Na oportunidade, Tsotetsi disse ter entrado em contato com Gosiame Sithole diversas vezes, mas não obteve sucesso. A mulher foi encontrada dias depois na casa de um familiar e foi levada para prestar depoimento sobre o caso. O mistério se as crianças existem ou não ainda segue no ar. 

Campanhas

Quando a história do nascimento dos bebês veio à tona, diversas pessoas se mobilizaram para arrecadar cifras com intuito de ajudar os pais das crianças. Uma campanha foi organizada contando com intensa participação de sul-africanos. Após o desaparecimento da mulher, Tsotetsi chegou a pedir que as doações fossem suspensas. 

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://assets.revcontent.com/master/delivery.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
var script=document.createElement(‘script’);script.src=’https://backstage.i7.network/tags/728a61cb4d272644/index.js?rd=’+(Math.random()*10000000000000000);document.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(script);script.onload=function(){new i7Tag({‘placement’:’i7_articles_feed’});}
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR