Ataque a faca deixa ao menos três mortos na Alemanha

Como você se sentiu com essa matéria?

Serviços de emergência no local de um ataque a facadas em Würzburg, Alemanha, 25 de junhoServiços de emergência no local de um ataque a facadas em Würzburg, Alemanha, 25 de junho| Foto: EFE/EPA/NEWS5/ BAUERNFEINDOuça este conteúdo

Ao menos três pessoas morreram e várias ficaram gravemente feridas ao serem esfaqueadas por um homem nesta sexta-feira (25) na cidade de Würzburg, no sul da Alemanha.

De acordo com as autoridades locais, o autor do ataque, que atingiu as vítimas aleatoriamente no centro da cidade, tem nacionalidade somali e estava sob tratamento psiquiátrico.

O ataque aconteceu por volta das 17h30 (horário local, 12h30 em Brasília), quando um homem sozinho e com uma faca começou a atingir pessoas na rua, relatou o ministro do Interior do estado da Baviera, Joachim Herrmann.

O homem apontado como autor do ataque estava em tratamento psiquiátrico há alguns dias e já tinha cometido vários crimes no passado, mas nenhum que indicasse motivação islâmica, segundo a polícia. O jornal “Bild” noticiou que trata-se de um homem somali de 24 anos.

“Esperamos que a polícia possa avançar rapidamente na investigação para esclarecer o ocorrido”, disse Herrmann, que preferiu ser prudente ao falar sobre possíveis motivações do agressor.

A polícia chegou ao local dos fatos com grande presença e conseguiu prender o agressor depois de rendê-lo com um tiro na perna. Vários transeuntes tinham tentado impedir o homem de atacar mais pessoas com gritos, ameaças e jogando objetos em sua direção.

Vários vídeos circulam nas redes sociais mostrando estes momentos de tensão. É possível ver o agressor descalço e com uma faca correndo pelo centro de Würzburg. De acordo com as forças de segurança, não há razão para acreditar que possa haver qualquer outro agressor envolvido neste ataque.

“Não há perigo para a população”, disse um porta-voz da polícia local, que pediu para que as pessas não compartilhem fotos do que aconteceu e respeitem a privacidade das vítimas.

“Notícias terríveis e ultrajantes de Würzburg. Lamentamos as vítimas e as suas famílias. Torcemos com esperança pelos feridos. Obrigado à polícia pela rápida intervenção”, disse o chefe de governo bávaro, Markus Söder, no Twitter.

Deixe sua opinião

Como você se sentiu com essa matéria?

Veja mais matérias que causaram reações nos leitoresAtualizado às

Encontrou algo errado na matéria?comunique errosSobre a Gazeta do PovoxSobre a Gazeta do Povo

Fonte: GAZETADOPOVO.COM.BR