Artista cubano Otero Alcántara será transferido para prisão de segurança máxima

O artista e ativista opositor cubano Luis Manuel Otero Alcántara, que começou uma greve de fome para protestar contra a perseguição do regime de CubaO artista e ativista opositor cubano Luis Manuel Otero Alcántara, que começou uma greve de fome para protestar contra a perseguição do regime de Cuba| Foto: Reprodução / Facebook / oteroyalcantaraOuça este conteúdo

O artista e ativista dissidente cubano Luis Manuel Otero Alcántara, um dos líderes do Movimento San Isidro, será transferido para uma prisão de segurança máxima em Cuba, segundo informou a diretora da Anistia Internacional para Américas, Erika Guevara-Rosas nesta sexta-feira (16).

De acordo com Guevara-Rosas, Otero Alcántara sofre as mesmas acusações que o músico Maykel Osorbo, que está preso há dois meses por supostos casos de atentado, resistência e desordem pública. “Ambos são uma ameaça para um governo violador dos direitos humanos. Exigimos sua liberdade”, disse a advogada defensora de direitos humanos pelo Twitter.

Outros ativistas informaram nesta sexta-feira que o artista cubano foi levado até o centro penitenciário Vivac e de lá seria transportado à prisão de Guanajay. Otero Alcántara é perseguido pela ditadura cubana, tendo sido detido por diversas vezes, e foi hospitalizado em maio após oito dias de greve de fome, em protesto contra a destruição de suas obras e a censura promovidas pelo regime cubano.

0xCompartilhe

Fonte: GAZETADOPOVO.COM.BR