Mulher vai ao hospital reclamando de dor na barriga e tem 2 pernas e 1 braço amputados

Uma mulher acabou tendo uma das piores experiências de sua vida ao ter alguns de seus membros amputados pouco mais de uma semana depois de ir a uma unidade de saúde de sua cidade reclamando de dor na barriga. 

Monika Tothne Kaponya tem 39 anos de idade e é moradora da cidade de Pecs, localizada na Hungria. Ela foi recentemente entrevistada pelo jornal local Pecs Aktual e falou a respeito do triste desfecho de sua história.

Monika contou que, em janeiro deste ano, começou a sentir fortes dores na região abdominal. Diante da persistência do sintoma, a húngara foi até um hospital local para saber o que a estava afetando e tentar resolver o problema.

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Mas o que Monika nem imaginava era que iria perder três de seus membros. Após exames realizados na mulher, os médicos descobriram que seu estômago estava perfurado e rompido e precisaria ser operado com urgência.

Uma perfuração no abdômen pode ter diversas causas, incluindo apendicite, úlcera, cálculos biliares e uma lesão. Não ficou claro o que causou o problema da húngara. As complicações de um estômago perfurado incluem sepse, que em casos graves pode levar à perda dos membros.

No caso da mulher, a equipe do hospital descobriu que ela tinha um grau de oclusão vascular em todos os membros. De acordo com Monika, os médicos não seriam capazes de corrigir o problema e a única opção foi amputar os membros.

O primeira a ser amputado foi a perna direita. Pouco mais de uma semana depois, a esquerda também passou por cirurgia. No mesmo dia, Monika recebeu a triste informação dos médicos de que também iria perder o braço esquerdo. No final das contas, a húngara precisou ser submetida a 16 procedimentos cirúrgicos em poucos meses.

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://assets.revcontent.com/master/delivery.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
var script=document.createElement(‘script’);script.src=’https://backstage.i7.network/tags/728a61cb4d272644/index.js?rd=’+(Math.random()*10000000000000000);document.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(script);script.onload=function(){new i7Tag({‘placement’:’i7_articles_feed’});}
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR