Mãe envolve filho em tática revoltante por likes no YouTube e esquece de editar vídeo antes de postar

A influenciadora digital estadunidense, Jordan Cheyenne, foi obrigada a deletar seu canal no YouTube, com meio milhão de inscritos, após um polêmico acontecimento envolvendo seu filho.

Conhecida por gravar vídeos contando sobre sua rotina como mãe solo, a youtuber resolveu produzir um conteúdo em que contava sobre uma doença que acometia seu cachorro. De acordo com Jordan, o animalzinho da família havia sido acometido pela Parvo (CPV), uma doença rara e com potencial de se tornar fatal, mas que, se detectada logo, pode ser tratada.

Assim, a influenciadora gravou um vídeo para expor o acontecimento, mas, ao final, acabou se esquecendo de cortar uma parte determinante para o seu futuro cancelamento na Internet. Na polêmica parte que possivelmente deveria ter sido cortada por Jordan, a mulher aparece colocando o braço ao redor do filho e sussurrando, pedindo que o menino agisse como se estivesse chorando em decorrência da história da doença do animal da família.

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

“Chegue mais perto, coloque sua cabeça bem aqui”, dirige-se Jordan ao seu filho, puxando a cabeça do garoto para seu ombro. “Aja como se estivesse chorando”, pediu a mãe. Na sequência, visivelmente abalado, o garoto, que até então estava fora do enquadramento da câmera, diz à sua mãe: “Estou chorando”, muito chateado.

Além disso, fazendo uma expressão facial de choro, a mulher diz ao filho: “Faça assim para o vídeo”, dando instruções sobre como o menino deveria se portar para que parecesse abalado o suficiente no canal da mãe.

Com a publicação do vídeo sem a edição, internautas perceberam o ocorrido antes que Jordan deletasse o conteúdo e, logo, começaram os ataques à youtuber. O canal de Jordan foi derrubado e a mulher ofereceu um pedido de desculpas aos fãs pelo ocorrido, demonstrando seu arrependimento: “Ficar completamente offline, cancelando todos os vídeos e monetização e priorizando meu filho é tudo o que me preocupa. Estou enojada e horrorizada com o que fiz e não há absolutamente nenhuma desculpa”.

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://assets.revcontent.com/master/delivery.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
var script=document.createElement(‘script’);script.src=’https://backstage.i7.network/tags/728a61cb4d272644/index.js?rd=’+(Math.random()*10000000000000000);document.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(script);script.onload=function(){new i7Tag({‘placement’:’i7_articles_feed’});}
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR