Motim em presídio no Equador deixa ao menos 24 mortos e 49 feridos

Tumulto em Guayaquil aparentemente foi motivado por confronto entre ganguesTumulto em Guayaquil aparentemente foi motivado por confronto entre gangues| Foto: EFE/Marcos PinOuça este conteúdo

Ao menos 24 detentos morreram e outros 49 ficaram feridos em um motim no Centro de Privação de Liberdade Número 1, na cidade costeira de Guayaquil, no Sudoeste do Equador, aparentemente devido a um confronto entre gangues que lutam pelo controle da penitenciária.

Segundo o representante do governo nacional na província de Guayas, Pablo Arosemena, a ordem já foi restabelecida no complexo penal após o motim, que começou na manhã de terça-feira (28). A ação policial que restabeleceu a ordem no presídio foi realizada em coordenação com o Serviço Nacional de Atenção Integral aos Adultos Privados de Liberdade e Adolescentes Infratores (Snai), entidade que horas antes havia anunciado que “o incidente teria sido iniciado por confrontos entre gangues criminosas em um pavilhão do centro penitenciário”.

0xCompartilhe

Fonte: GAZETADOPOVO.COM.BR