Museu paga R$ 450 mil por telas em branco

Na Dinamarca o artista Jens Haaning, de 56 anos, contratado para recriar duas obras de arte antigas usando cédulas de dinheiro, surpreendeu a população e a direção do museu de artes de Aalborg que o contratou. Isto pelo fato de Haaning ter apresentado telas vazias durante a exposição, ao invés de telas feitas com o dinheiro dado pelo museu, fazendo com que este solicitasse a devolução da quantia emprestada, equivalente a R$ 450 mil reais convertidos para o real brasileiro.

As obras permanecem expostas ao público juntamente com o e-mail enviado pelo artista com o título “Pegue o dinheiro e corra”. A direção do museu apesar da surpresa declarou ter achado graça da atitude do artista. Entretanto, ressaltou que a quantia está prevista em contrato e precisa ser devolvida ao término da exposição em janeiro de 2022.

Jens é reconhecido pela sua arte conceitual e o uso de notas de dinheiro em seus trabalhos. Diante disso, o museu teria contratado o artista para recriar duas obras antigas com a temática representativa do salário mínimo anual dinamarquês e austríaco.

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Porém, ao aceitar a encomenda, Jens teria solicitado ao museu o empréstimo da quantia de 534 mil coroas, equivalente a R$ 450 mil reais para a realização do trabalho, a serem devolvidos ao final da apresentação. Após o início da exposição, o artista foi questionado sobre a data da devolução do dinheiro, quando então, alegou que: “A obra de arte é que eu peguei o dinheiro deles”.

O artista manifestou sua insatisfação com a má valorização de seu trabalho e do trabalho dos demais profissionais desta área. Completou dizendo: “Estimulo outras pessoas que têm péssimas condições de trabalho como eu a fazer o mesmo”. A direção do museu contestou o argumento de Jens sobre sua má remuneração pelo trabalho contratado, e declarou terem assinado um documento perante a associação de artistas que irá aumentar a remuneração durante as exposições de suas artes.

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://assets.revcontent.com/master/delivery.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
var script=document.createElement(‘script’);script.src=’https://backstage.i7.network/tags/728a61cb4d272644/index.js?rd=’+(Math.random()*10000000000000000);document.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(script);script.onload=function(){new i7Tag({‘placement’:’i7_articles_feed’});}
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR