Comitê dos EUA recomenda vacina da Pfizer para jovens de 5 a 11 anos

Como você se sentiu com essa matéria?

Profissional de saúde prepara dose de vacina da Pfizer contra Covid 19 em escola de ensino médio em Los Angeles, EUA, 10 de setembroProfissional de saúde prepara dose de vacina da Pfizer contra Covid-19 em escola de ensino médio em Los Angeles, EUA, 10 de setembro| Foto: EFE/EPA/ETIENNE LAURENTOuça este conteúdo

Um painel científico dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) recomendou nesta terça-feira a vacina contra a covid-19 desenvolvida por Pfizer e BioNTech para menores com idades entre cinco e 11 anos, o que significa que a aplicação do imunizante para esta faixa etária poderá começar nos próximos dias no país.

O Comitê Assessor sobre Práticas de Imunização (ACIP) deu a sua aprovação unânime, e agora só resta à diretora dos CDC, Rochelle Walensky, assinar a decisão final para que a vacina seja definitivamente aprovada para utilização de emergência nos EUA com esses jovens.

A própria Walenksy foi encarregada de abrir a reunião do ACIP, um grupo independente de especialistas que aconselha os CDC, com um discurso no qual defendeu a vacinação das crianças.

A diretora dos CDC observou que durante a recente onda da variante delta, as internações pediátricas dispararam em hospitais americanos.

Segundo dados dos CDC, desde o início da pandemia foram registrados 1,9 milhão de casos de covid-19 entre crianças de cinco a 11 anos, 8.300 internações e 94 mortes.

Além disso, 2.316 crianças nesta faixa etária sofreram de síndrome inflamatória multissistêmica, que envolve a inflamação de vários órgãos e é uma complicação da covid-19.

Antes de proceder à votação, vários membros do comitê mencionaram o impacto que a pandemia teve nas crianças.

“Muitas crianças perderam um dos pais ou ficaram órfãs nesta pandemia, o que é incrivelmente trágico. Por isso, como especialista em doenças infecciosas e mãe de duas crianças vacinadas, apoio totalmente a recomendação desta vacina para esta faixa etária”, disse a médica Camille Kotton.

A vacina da Pfizer para crianças de cinco a 11 anos não será administrada em grandes centros de vacinação, mas em clínicas e farmácias pediátricas.

O governo dos EUA disse nesta semana que já tinha assegurado doses suficientes do soro para as 28 milhões de crianças dessa faixa etária, motivo pelo qual a vacinação de menores estará “plenamente operacional” a partir da próxima semana

Deixe sua opinião

Como você se sentiu com essa matéria?

Veja mais matérias que causaram reações nos leitoresAtualizado às

Encontrou algo errado na matéria?comunique errosSobre a Gazeta do PovoxSobre a Gazeta do Povo

Fonte: GAZETADOPOVO.COM.BR