Mediação na separação

Mediação na separação Reprodução: Reclamar adianta Mediação na separação

Rio – “Estou em processo de separação, mas eu e meu ex-marido não conseguimos resolver algumas questões e sempre discutimos no final. Tenho dúvidas se um psicólogo, na área de família, poderia ajudar na mediação de uma separação? É possível?” (Lidia Silva, Engenho Novo).

Sabemos que um processo de separação traz muitas dúvidas, medos e dissabores. A psicanalista e perita em Vara de Família, Renata Bento, avalia que seria muito bom se ambos os envolvidos no processo de rompimento de uma relação pudessem estar em análise individual para a travessia do luto, comum após uma separação, e juntos buscarem um acordo. Assim, os dois entenderiam que terão perdas e ganhos. De acordo com Renata Bento, algum aprendizado da dissolução do casamento é preciso ter para não transformar em caos o já difícil e doloroso processo. A especialista ressalta que se ambos estão sendo tratados, a respeito do estado emocional, fica menos complicado administrar as divergências e chegar a um denominador comum que possa atender de algum modo alguns anseios. De acordo com Renata Bento, o mais complexo em meio a uma discussão sobre o divórcio é ter a capacidade de pensar, principalmente quando há filhos em comum. Além disso, é preciso escutar o outro e se escutar também. É nesse contexto que um profissional de família pode ajudar com a manutenção de um espaço emocional que possa ampliar os pensamentos e a partir disso buscar novas soluções.

Casos Resolvidos: Ana Maria Rosa ( Claro),Fabiana Cerqueira (Banco do Brasil), Júlio Troyack (Decolar.com).

Fale com nossos advogados: [email protected]
WhatsApp: (21) 99328-9328

Fonte: ULTIMOSEGUNDO.IG.COM.BR