Em vídeo, primeiro homem a passar por eutanásia sem doença terminal se despede: 'Até logo'

O colombiano Victor Escobar Prado, de 60 anos, se tornou a primeira pessoa a passar por uma eutanásia sem sofrer de uma doença terminal. O idoso, que morreu na noite de sexta-feira, 7, lutou por dois anos na Justiça para que o seu pedido de eutanásia fosse aprovado.

A morte de Victor foi confirmada por meio das redes sociais por seu advogado, Luis Giraldo Montenegro. Por meio do Twitter, Luis informou que seu cliente morreu às 21h20 de sexta-feira, 7, como era de seu desejo. O advogado ainda disse que o idoso pediu para que seus órgãos fossem doados. “Ele descansou da dor”, destacou Luis.

Pouco tempo antes de morrer, o colombiano gravou um vídeo no qual agradeceu a todos que apoiaram a sua causa. Victor disse que a vida não se compra e que aos poucos vai chegando a hora de todos. Ele ainda se despediu desejando “abraços e bençãos a todos” e ressaltando não dizer adeus, mas, sim, até logo.

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

!function(t){var o=!1;t(“body, html”).bind(“touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel”,function(e){0==o&&t.getScript(“https://platform.twitter.com/widgets.js”),o=!0})}(jQuery);

O idoso curtiu as suas últimas horas de vida com a família, a esposa Diana e os quatro filhos. Além disso, Victor também compartilhou com seu advogado o último almoço.

Após curtir a família, o idoso chegou a se reunir com jornalistas para agradecer. A pedido dele, a imprensa não compareceu à clínica aonde aconteceu a eutanásia e, assim, esperaram a confirmação da morte de Victor, que veio através de seu advogado.

Antes de Victor Escobar Prado, Martha Líria Sepúlveda, de 51 anos, já tinha tentado passar pela eutanásia sem estar no estado terminal, contudo, o procedimento acabou sendo suspenso apenas algumas horas antes do programado. Martha sofre de ELA (esclerose lateral amiotrófica). Ela disse sentir fortes dores e, inclusive, já perdeu o movimento das pernas.

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR