Em processo de adoção, médico americano tenta tirar menino ucraniano do país em meio à guerra

A adoção é uma forma legal de fazer com que uma criança que não nasceu pela concepção de um casal, se torne filho, com todos os direitos e deveres. Atualmente, existem milhares de órfãos aguardando para encontrar uma família e é comum que adultos de outros países optem por adotar crianças no exterior. Foi o que aconteceu com o médico oncologista Christopher Jahraus.

Ele e sua esposa Gina, que já são pais de 5 filhos, optaram por adotar uma criança e fornecer um lar seguro. A procura começou em 2020 e o casal se apaixonou por um pequeno menino ucraniano de 9 anos. O processo de adoção do menino começou e todos estavam ansiosos para receber o pequeno definitivamente em casa.

Menino ucraniano tem 9 anos

Sashko é uma criança órfã, que foi abandonada pela mãe, que é alcoólatra e não possui pai conhecido. O menino já havia sido enviado para os Estados Unidos, onde sua família adotiva mora, em janeiro deste ano. A viagem da criança visava estabelecer um período de experiência e adaptação ao novo país. Na cidade do Alabama ele teria a oportunidade de recomeçar.

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Mas, a experiência acabou e o menino precisou retornar ao seu país de origem para aguardar os trâmites legais da adoção. Ele retornaria definitivamente para a América no mês de abril, mas infelizmente, a guerra estourou antes dessa data se realizar. 

Christopher tenta tirar o filho adotivo do país

Agora, Christopher e sua esposa estão desesperados para trazer o menino, que já consideram como filho, de uma vez por todas para o seu país. O casal teme pela vida da criança e pede ao governo que ajude o menino a ir logo para sua nova casa. Por conta da guerra, toda a burocracia ficou mais demorada e eles estão tentando de todas as formas conseguir colocar seu filho em segurança.

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR