Mulher de Ribeiro recebeu depósito de pessoa ligada a pastor preso

Luis Fortes/MEC – 30/11/2021 O ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, com o pastor Arilton Moura

A mulher do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, preso nesta quarta-feira pela Polícia Federal, recebeu um depósito de uma pessoa ligada ao pastor Arilton Moura no início deste ano no valor de cerca de R$ 60 mil.

Detalhes da transação foram revelados pelo portal “Metropoles” e confirmados ao GLOBO pelo advogado de Milton Ribeiro, Daniel Bialski. Segundo o documento, a mulher do ex-ministro, Myriam Ribeiro, teria vendido um carro para Victoria Bartolomeu, filha do pastor-lobista, também preso na operação.

“Isso é uma venda de carro, tudo regular, nada de errado”, afirmou o advogado.

Ele disse que a regularidade da transação será comprovada nos autos da investigação.

A operação desta quarta-feira foi autorizada pela 15ª Vara Federal do Distrito Federal e apura crimes como corrupção e tráfico de influência durante a gestão de Milton Ribeiro. A investigação teve início no Supremo Tribunal Federal, mas foi enviada à primeira instância depois que Ribeiro deixou o cargo de ministro da Educação do governo Bolsonaro.

No total, foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão e cinco prisões preventivas nos estados de Goiás, São Paulo, Pará e Distrito Federal, além de medidas cautelares como a proibição do contato entre os investigados.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: ULTIMOSEGUNDO.IG.COM.BR