JIhad Islâmica ameaça atacar Tel Aviv após bombardeio de Israel em Gaza

O bombardeio do Exército de Israel em Gaza matou ao menos oito pessoas, incluindo um importante dirigente do grupo, Taysir al Jabari.| Foto: EFEOuça este conteúdo

O secretário-geral do movimento Jihad Islâmica Palestina, Ziyad al Nakhalah, ameaçou atacar a cidade de Tel Aviv, em Israel, após um bombardeio do Exército do país em Gaza matar nesta sexta-feira (05) ao menos oito pessoas, incluindo um importante dirigente do grupo, Taysir al Jabari.

“(Israel) pagará um preço pesado por sua agressão contra Gaza, e não há linhas vermelhas ou mediação depois de hoje”, disse Nakhalah, em um comunicado no qual ressaltou que “Tel Aviv será um alvo para nossos mísseis”.

O líder do movimento islâmico advertiu que o “inimigo deve assumir a responsabilidade por sua agressão” e “deve esperar uma resposta forte e decisiva”, exigindo a mobilização de “todo o povo palestino”.

O bombardeio ocorreu depois que as tensões aumentaram devido à prisão, na última segunda-feira (01), de um dos líderes do grupo na Cisjordânia, Basem al Sadi, no campo de refugiados da cidade de Jenin.

xCompartilhe0

Fonte: GAZETADOPOVO.COM.BR