Lula relança Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia

Lula relança Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia

MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL Lula (PT) e a ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação, Luciana Santos (PCdoB)

O presidente  Luiz Inácio Lula da Silva (PT), ao lado da ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil,  Luciana Santos (PCdoB), participa, nesta quarta-feira (12), da reinstalação do Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (CCT) no Palácio do Planalto, em Brasília. Durante a cerimônia, o chefe do Executivo concederá medalhas de Ordem Nacional do Mérito Científico.

A premiação será entregue a entidades e pesquisadores que tiveram protagonismo durante a pandemia da Covid-19, e Lula deve assinar decreto que convoca a 5ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, prevista para o primeiro semestre de 2024.


Lula deve, ainda, homenagear com o Mérito Científico a médica sanitarista e ex-diretora do Departamento de HIV/Aids do Ministério da Saúde, Adele Benzaken, e o infectologista Marcus Vinícius Guimarães de Lacerda. Ambos detinham o título, mas perderam durante o governo do ex-presidente  Jair Bolsonaro (PL), em 2021. Em protesto, 21 cientistas renunciaram às suas próprias indicações.

Benzaken, em 2019, perdeu seu cargo no Ministério da Saúde após a publicação de uma cartilha sobre prevenção de doenças destinada a homens trans, e Lacerda após ser responsável por um dos primeiros estudos que apontaram a ineficácia da cloroquina no tratamento contra a Covid-19, em 2020.

Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia (CCT)

Reativado nesta quarta-feira (12), o Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia é um órgão de assessoramento da presidência da República, que funciona como espaço de debate com a comunidade científica, a sociedade e o setor produtivo sobre a Política Nacional de Ciência e Tecnologia. A última reunião do CCT ocorreu em 1º de agosto de 2018.

“Não existe futuro melhor para o Brasil sem investimento na ciência”, escreveu Lula no Twitter, em relação a reativação do Conselho. “Estamos retomando a valorização que nossos pesquisadores e pesquisadoras merecem!”, disse.


Fonte: ULTIMOSEGUNDO.IG.COM.BR